A preocupação com a saúde tem sido cada vez mais constante entre os jogadores de futebol americano, e muitos têm abreviado suas carreiras para conseguirem aproveitar uma aposentadoria mais saudável.

E esse cuidado fez com que um dos principais atletas do Jaraguá Breakers e do Brasil interrompesse sua trajetória no esporte.

Aos 31 anos, José Daniel Castilho se despediu da equipe jaraguaense no último sábado (13), na vitória por 9 a 6 sobre o São José Istepôs, pela BFA (Brasil Futebol Americano).

Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Uma aposentadoria vinda a contragosto, mas necessária após três concussões sérias, que se agravaram nos últimos dois anos.

“Eu não queria me aposentar, mas aconteceu pelo fato das concussões. Já tinha previsão de parar ano passado, mas não aguentei e resolvi continuar. Foi muito difícil e um momento bem triste para mim e toda minha família”, disse o cornerback – jogador de defesa.

Assim, foi encerrada a carreira de um dos melhores jogadores da posição no território nacional, que ingressou nos ‘Quebradores’ em 2011 após ser aprovado no try out (seletiva), junto com o irmão José Dorival.

De lá para cá, foram sete temporadas ininterruptas no time jaraguaense, onde sagrou-se campeão brasileiro de 2013, chegou ao training camp da seleção brasileira e teve um aproveitamento incrível de 87% de vitórias.

Castilho exibe a camisa da seleção brasileira, na qual vestiu em 2013, ano em que foi campeão nacional com o Breakers | Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Números que o tornaram um ídolo no esporte e no Breakers, especialmente depois de alcançar suas primeiras marcas contra o maior rival Timbó Rex, como ter feito sua estreia oficial na equipe, conseguir sua primeira interceptação retornada para touchdown e o field goal mais longo da história da franquia de 49 jardas.

“Entrei para participar, mas tudo que eu faço procuro o primeiro lugar por ser muito competitivo. Tive a sorte de ser treinado pelo melhor técnico do Brasil (Dennis Prants), vi que tinha futuro e batalhei muito para alcançar tudo que consegui”, declarou Castilho, que deixou os gramados de uma forma emblemática.

Foi dos pés dele o field goal da vitória sobre o Istepôs no último fim de semana, quando faltava menos de um minuto para o fim, encerrando a participação da equipe na atual edição da BFA.

“Foi mais um momento muito especial na minha carreira. Me aposento com a sensação de dever cumprido. Sempre fiz o máximo pela equipe. Se não fosse para morrer nos treinos e jogos eu não faria. Então só levo coisas boas de tudo que passei no clube”, destacou Castilho.

SAIBA MAIS: Breakers se despede da BFA com triunfo sobre rival catarinense

Homenagens e futuro

O anúncio da aposentadoria de Castilho foi motivo para que os fãs do esporte no Brasil prestassem homenagens ao agora ex-jogador.

Atletas, dirigentes, treinadores e torcedores, tanto do Breakers como de outros clubes fizeram reverência à história do cornerback através de redes sociais.

Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Ele ainda vive os primeiros dias como ex-atleta de futebol americano, mas não deixou de agradecer todo carinho recebido desde o anúncio do fim da carreira.

“Não caiu a ficha ainda. Conversando com a minha esposa me perguntei se fui mesmo esse jogador e ela disse que eu merecia esse carinho. Então agora estou acreditando que fui um bom jogador”, brincou.

Brincadeiras à parte, Castilho foi enfático ao falar de sua qualidade como cornerback. “Na minha posição garanto que estou entre os cinco melhores do país. Sempre tive comigo de que o cara que eu marco não vai fazer touchdown e foram raras as vezes que fizeram TD onde eu estava. Então acredito que sou mesmo um jogador de bom nível”, completou.

Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Com a trajetória de atleta encerrada, o jaraguaense já tem planos traçados para o futuro no futebol americano. A partir de 2019, ele deve ser o coordenador de defesa do Breakers.

“Estava pegando a experiência de treinar a garotada do Sub-19 e me colocaram como técnico principal da categoria. Eu até entendo, mas o que eu gosto é passar informações da minha posição”, finalizou.

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?