As vagas na Série A do Campeonato Catarinense de 2020, por enquanto, seguem sem mudanças.

Nos bastidores, a informação era praticamente certa de que o Almirante Barroso desistiria de disputar a competição pela falta de um estádio que atenda as exigências da Federação Catarinense de Futebol (FCF), o que beneficiaria o Juventus.

Mas, mesmo sem comunicar oficialmente a desistência, bem como o local de jogos, ações que tinham como prazo final até a noite de segunda-feira (23), o clube de Itajaí ainda mantém a esperança de jogar a elite do ano que vem.

Isso porque o Brusque passa pelo mesmo problema e também não indicou estádio no período estipulado. Por se tratar de dois clubes, a FCF ainda não confirma, mas deve estender o prazo para definição, fazendo com que Barroso e ‘Bruscão’ tenham mais tempo para se organizar.

Campeão da Série B, a equipe itajaiense teve o seu estádio Camilo Mussi vetado para 1ª Divisão, por não seguir as novas regras de estrutura física e padronização de campo da FCF, que teria um custo altíssimo e inviável para o clube no momento.

Parte da estrutura do estádio Camilo Mussi | Foto Divulgação

Assim, a única opção do Barroso é buscar parceiros fora de Itajaí para mandar as partidas, já que o rival da cidade Marcílio Dias não quis ceder o Gigantão das Avenidas.

Enquanto isso, o Juventus espera um desfecho rápido para que caso a desistência do Barroso seja homologada, a diretoria tenha tempo hábil para conseguir apoiadores para troca do gramado do estádio João Marcatto, que gira em torno de R$ 400 mil.

“Claro que no momento que avistamos essa possibilidade (jogar a Série A) estamos trabalhando nisso e fazendo o possível para que tenhamos retorno. O trabalho continua normal, mas com uma atenção especial para caso pinte a Série A estarmos preparados”, destaca Cristiano Humenhuk, presidente do Moleque Travesso.

Barroso emite nota

Com o nome envolvido em diversas notícias pelo estado desde a última sexta-feira (20), a diretoria do Almirante Barroso decidiu emitir uma nota à imprensa.

Nela, o clube de Itajaí desmente a possível desistência da Série A, embora, as informações indiquem que os próprios dirigentes do Barroso teriam comunicado a decisão à alta cúpula do Juventus nas últimas semanas.

“A diretoria de futebol do Almirante Barroso informa que as notícias divulgadas nas últimas horas são meras especulações. Isso porque neste momento o clube está em busca de um campo para disputar a Série A do Campeonato Catarinense de 2020. A direção reforça que não obteve sucesso nas tratativas para jogar em Itajaí, no estádio municipal. O trabalho em busca de um estádio autorizado pela Federação Catarinense de Futebol continua”, escreveu o clube.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger