Sem 10 jogadores e nem o técnico Elano, todos contaminados pelo coronavírus, o Figueirense não teve forças e perdeu por 3x0 para Sampaio Corrêa, na tarde desta quarta-feira (14), em partida atrasada da 4ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, disputada no estádio Castelão, em São Luís (MA).

Com o resultado, o time de Florianópolis se mantém com 14 pontos, na 18ª posição, dentro da zona de rebaixamento. A equipe do Maranhão chega a 20 pontos, na 9ª colocação. O jogo marcou a estreia do centroavante Alecsandro no Alvinegro.

Figueirense teve dificuldades por conta do surto de Covid-19 | Foto Andrey de Oliveira/FFC

Calor intenso

Sob sol e calor intensos, com temperatura em torno de 30°C, o Figueirense foi presa fácil para o time maranhense. O domínio foi amplo e aos 25 minutos Flávio Boaventura fez 1x0, contando com desvio de Elyeser.

No segundo tempo, apesar da sombra no gramado, o cenário não mudou e o placar foi ampliada logo aos 10 minutos, com Caio Dantas fazendo 2x0, de pênalti. Jakson, aos 48, fez 3x0.

Jogo foi disputado sob forte calor | Foto Andrey de Oliveira/FFC

Próximo jogo

O Figueirense deixa São Luís rumo a Pelotas (RS), onde neste sábado (17) enfrenta o Brasil, já pela 16ª rodada, às 18h10min. O Sampaio joga no domingo (18), contra o Paraná, em Curitiba.

Ficha Técnica

Sampaio Corrêa 2 - Gustavo; Luís Gustavo, Flávio Boaventura, Paulo Sérgio e Marlon; André Luís, Eloir (Ferreira) e Marcinho (Robson); Pimentinha (Diego Tavares), Caio Dantas (Jakson) e Roney (Daniel Penha). Técnico - Léo Condé.

Figueirense 0 - Sidão; Patrick, Pereira, Brunetti e Sanchez; Arouca (Lucas Henrique), Elyeser (Geovane) e Guilherme (Gabriel Lima); Bruno Michel (Nicholas), Alecsandro e Everton Santos (Davi Khun). Técnico - Rafael Rodrigues.

Gols – Flávio Boaventura, aos 25 do 1º tempo. Caio Dantas, aos 19; e Jakson, aos 48 minutos do 2º tempo.

Arbitragem - Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ); auxiliado por Andrea Izaura Mafra Marcelino de Sá (RJ) e Gabriel Conti Vianna (RJ).

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp