Ele é natural de Cantagalo, no Paraná, mas chegou a Jaraguá do Sul ainda muito novo, com apenas dois anos de idade. Aqui teve o primeiro contato com o vôlei, no Colégio Evangélico Jaraguá.

E foi na quadra da escola jaraguaense, que Valentino Gnewuch de Abreu surgiu como uma grande promessa da cidade até chegar ao ponto mais alto da carreira, iniciando 2019 como o mais novo contratado de um dos principais clubes do Brasil: o Sesi, de São Paulo.

Foto Simone Guerra

Com um talento diferenciado e detectado logo nos primeiros treinos em 2012, o levantador migrou do CEJ para a base de Jaraguá do Sul em apenas dois meses.

Pelo time municipal, jogou por cinco temporadas e chegou a conquistas importantes como o título dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina e vice da Olesc.

Em 2017, recebeu um convite para defender o Bento Vôlei, de Bento de Gonçalves-RS, partindo aos 17 anos para uma jornada sem retorno para casa.

De lá, se transferiu no ano passado para o ABC, de Balneário Camboriú, e colecionou novas marcas ao ser campeão estadual, da Liga Catarinense e novamente dos Joguinhos.

Foto Simone Guerra

Hoje, o atleta com 18 anos consolida sua ascensão nas quadras e comemora o acerto com o Sesi. Indicado por um empresário, Valentino chamou a atenção do técnico da equipe paulista Sub-21 em vídeos, mas acabou sendo contratado após uma semana de treinos com o restante do elenco.

Apresentado oficialmente na última semana, o atleta radicado em Jaraguá compõe a categoria juvenil e terá como compromissos na temporada o Campeonato Paulista, Copa Minas, Taça Paraná e algumas taças regionais.

“É uma satisfação gigantesca estar em um dos maiores clubes do Brasil. Estou muito contente em estar aqui e fazer parte da equipe. Agora, os meus objetivos são ganhar os campeonatos dessa temporada e conseguir pegar seleção brasileira da minha categoria”, destacou Valentino, que ainda carrega outras metas no esporte.

“O meu maior sonho é chegar na seleção brasileira adulta, sendo titular, mas também quero jogar fora do país”, completou.

Jaraguaense (no canto superior à direita) já se apresentou na equipe juvenil do Sesi | Foto Divulgação

Gratidão à Jaraguá do Sul

Cria do “Projeto Evoluir”, Valentino Gnewuch de Abreu não esquece suas raízes. Os trabalhos de iniciação e desenvolvimento, vividos por cinco anos em Jaraguá do Sul, foram fundamentais para tornar-se um atleta e até virar um exemplo para os mais novos.

“A base de Jaraguá do Sul me ajudou muito a me tornar quem sou hoje, assim como dos outros lugares onde passei. Hoje me vejo como exemplo para os mais novos e a dica que posso dar é para não desistir, porque terão momentos difíceis, mas no final vai valer a pena”, declarou.

Valentino com a taça de campeão dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina por Jaraguá | Foto Arquivo Pessoal

Entre familiares e amigos, um técnico diretamente envolvido na evolução de Valentino como atleta, se orgulha pelo rumo tomado na carreira do jogador. Treinador das equipes masculina de base de Jaraguá, Luiz Carlos ‘Kadylac’ ressaltou a qualidade do seu pupilo desde a época em que atuou pela cidade.

“Ele (Valentino) teve uma concorrência muito forte de levantador na sua geração, mas sempre foi um garoto que tinha potencial para chegar longe. Ficamos felizes pelo momento dele e vamos ficar na torcida para que ele possa trilhar novos caminhos e se desenvolver ainda mais”, afirmou Kadylac.

LEIA TAMBÉM:

Atletas da ADV vão para seletiva da seleção catarinense Sub-17 de vôlei

Jaraguaenses são convocados para laboratório da seleção brasileira de vôlei Sub-19

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?