Transição de segmento: dicas para ajudar as crianças na mudança

FOTO: divulgação/ Marista

Por: Colégios Marista - São Luis

20/11/2023 - 14:11 - Atualizada em: 20/11/2023 - 16:38

A escola traz diversos desafios para a vida das crianças e a evolução é constante. Pais e professores podem ajudar os estudantes a trilhar essa trajetória, fazendo com que as mudanças sejam leves e positivas.

A mudança de segmento escolar é um momento de transição importante na vida do estudante. De acordo com a coordenadora do Ensino Fundamental Anos Finais do Colégio Marista São Luís, Daniela Brocca, é uma fase em que o aluno passa de uma etapa de ensino para outra, como da educação infantil para o ensino fundamental ou do ensino fundamental para o ensino médio. “Essa mudança pode ser acompanhada de desafios, ansiedade e inseguranças, e é necessário um processo de adaptação. Paciência, parceria e diálogo são a chave para passar por esse período de forma mais leve. O apoio dos pais é fundamental nesse momento, assim como o diálogo com a escola”, explica.

A coordenadora da Educação Infantil do Colégio Marista São Luís, Daniele Karin Franzner Fagundes, acrescenta que a mudança não deve ser vista ou transmitida aos filhos como algo ruim, mas sim como uma oportunidade de aprendizagem que contribui para o desenvolvimento da criança.

Confira dicas para facilitar a transição de segmento escolar:

Na Educação Infantil:

  • Acolhimento: estratégias que promovam acolhimento e segurança são essenciais. Levas as crianças para conhecer os novos ambientes, explorar as salas, pátio e conhecer as pessoas que farão parte de sua rotina ajuda nesse processo.
  • Incentivo: os pais podem motivar e encorajar as crianças para que elas acreditem em si e vejam a alegria e a importância de estarem crescendo.
  • Símbolo de transição: utilizar um objeto, história, algo que faça sentido para as crianças como motivação. Quando as crianças vão para o 1o ano, trocam de cor de camisa e ficam felizes pois usarão a camisa dos “grandes”, é uma forma de associar a transição como algo positivo.
  • Organização: arrumar a mochila com os cadernos, lápis de cor e outros materiais escolhidos pela criança são ótimos incentivos para a nova fase escolar.

No Ensino Fundamental e Médio:

  • Rotina: a família deve conhecer a rotina escolar, assim como os alunos devem ter acesso a informações sobre a nova etapa de ensino.
  • Apoio e segurança: é muito importante que a criança sinta-se acolhida e segura para expor suas dificuldades e dúvidas. Ter uma rede de apoio é fundamental ou pessoa de referência que possa ajudar muita durante a adaptação.
  • Expectativas acadêmicas: o estudante precisa estar atento às novas tarefas e demandas escolares que surgem com a evolução no segmento. Tirar dúvidas e gerenciar o tempo é essencial.
  • Participação familiar: a família deve manter o diálogo com a escola e comparecer às reuniões de pais. Participar das reuniões na escola é fundamental em qualquer etapa do ensino.