Como na semana passada, aqui vão mais algumas dicas sobre a saúde dos bebê neste Mês das Mães.

Deixe a criança brincar ao ar livre

Alguns pais acreditam que se a criança brincar ao ar livre, corre o risco de pegar doenças. Na verdade, as crianças mais propícias a ficarem doentes são as que brincam apenas em lugares fechados – onde há maior número de vírus, bactérias e ácaros.

Ao ar livre, a criança toma sol - um bactericida natural - e fortalece os ossos, entra em contato com pessoas, animais e plantas e aumenta a sua imunidade. Além disso, o contato com a natureza e com outras crianças proporciona mais diversão e uma qualidade de vida melhor.

Ensine a criança a manter hábitos de higiene

Desde cedo a criança deve aprender a importância de lavar as mãos antes de comer e após usar o banheiro, de tomar banho e escovar os dentes após as refeições. Isso, previne a transmissão de doenças infecciosas como verminoses, gripes, resfriados, diarreias e evita problemas com cáries e gengivites.

Estimule a prática de exercícios

Incentive os movimentos de sentar-se e levantar a partir dos seis meses de idade. A prática de esportes está liberada a partir do primeiro ano, como aulas de natação e ioga para os bebês com seus pais - bom para a saúde e para fortalecer o vínculo afetivo entre pais e filhos.

Exercícios sem exageros são beneficiais para a criança, pois estimulam o desenvolvimento dos ossos e da musculatura, a coordenação motora, o convívio social e previnem a obesidade.

Estabeleça uma rotina

Crianças não gostam do desconhecido e acabam ficando estressadas. Crie uma rotina com horários preestabelecidos para o banho, refeições, descanso e demais atividades do dia. Assim, após cada atividade, a criança saberá o que virá na sequência e terá conhecimento do seu dia a dia, fator que melhora o desenvolvimento cognitivo e previne a ansiedade.

Siga estas dicas e terá um bebê sadio, forte e esperto para alegrar a família.