O projeto do presidente Bolsonaro (PSL) sobre armas deve ser apensado à proposta do deputado catarinense Rogério Peninha (MDB). A decisão deve dar mais agilidade à matéria, já que o PL 3722 do deputado catarinense está pronto para ser votado no Plenário da Câmara Federal. A ideia de Peninha é escolher um relator que consiga incluir ao texto os principais pontos abordados nos Decretos do presidente Jair Bolsonaro.

“Eu tive uma conversa muito produtiva com o presidente, deputado Rodrigo Maia. Ele deve fazer com que as propostas tramitem em conjunto justamente para dar mais agilidade à pauta. É um tema que tem sido muito discutido nos últimos meses, e como o meu projeto já tramitou na Comissão Especial e está pronto para ser votado no Plenário, ele tem prioridade”, explicou Peninha.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger