Entre segunda e quarta-feira da próxima semana, os prefeitos catarinenses eleitos estarão reunidos em Brasília durante o Seminário de Novos Gestores, promovido pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

Para a presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), a prefeita de Camboriú, Luzia Coppi Mathias, será uma oportunidade para os prefeitos terem o primeiro contato com a bancada parlamentar de Santa Catarina e acompanharem a apresentação dos pleitos dos municípios catarinenses ao Congresso Nacional  - e são muitos, entre eles, uma mais justa distribuição de recursos e responsabilidades.

Será também um espaço para mostrar aos novos prefeitos a realidade e os desafios dos municípios brasileiros em tempos de queda na arrecadação e a importância do movimento municipalista para o crescimento e desenvolvimento das cidades.

linha azul

Nina irá comandar Assistência Social

A ex-presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Maria Santin Camello (PP) será a secretária de Assistência Social do governo de Antídio Lunelli. Nina, como é conhecida, chegou a ser cotada para vice de Lunelli em função da sua longa trajetória no trabalho voluntário. A escolha foi unanimidade entre pepistas e pemedebistas do conselhão.

linha azul

Outros nomes cotados

Hideraldo Colle e Luís Fernando de Almeida são outros nomes cotados para o governo de Antídio Lunelli (PMDB).
Colle, que atuou em Obras, pode ir para Defesa Civil.

linha azul

Debruçado em números

Além de dedicar parte do seu dia para formação da equipe, Antídio Lunelli tem virado os números de cabeça para baixo para decidir qual será o ritmo de largada do seu governo. O empresário tem deixado claro aos secretários que vão sendo confirmados que o desafio é grande e que irá cobrar resultados.

linha azul

Os votos necessários

Se a Mesa Diretora da Câmara cumprir a promessa de apresentar projeto proibindo que vereador – sem renunciar – assuma cargo no Executivo, a disputa será grande para aprovação da proposta em plenário. Como é uma mudança à Lei Orgânica, serão necessários oito votos favoráveis à iniciativa. Já há também movimento da associação estadual de vereadores alegando que a proposta é inconstitucional e que para valer terá que ser incluída na reforma política lá em Brasília, onde tudo é mais difícil de acontecer.

linha azul

Depois de Piçarras

Seguindo o exemplo de Balneário Piçarras, as Câmaras de Itajaí e Balneário Camboriú começaram a discutir nesta semana propostas que proíbem vereadores eleitos de assumir cargos na Prefeitura sem renunciar ao mandato. Em Piçarras, o projeto aprovado por unanimidade foi apresentado por Osvaldo Moreira Júnior, do PP. A iniciativa agitou o mundo político justamente na época em que os eleitos começam a montar suas equipes.

linha azul

Caso era antigo

Empresário Marco Aurélio corrige nota da coluna. Explica que a suspensão das atividades musicais no Bar do Oca ocorreu há mais de cinco anos e o que foi publicado no Diário Oficial do Ministério Público foi o extrato de arquivamento do processo. Está, desde lá, tudo regularizado com o local, ressalta.

linha azul

Tudo embolado

No cenário ainda bastante confuso para 2018, líderes do PSD já procuraram líderes do PSDB oferecendo espaço no governo de Raimundo Colombo, junto, é claro, com a possibilidade de parceria para as eleições. A intenção é esfriar a aproximação entre PSDB e PMDB.

linha azul

Questões locais

PMDB e PSDB estiveram juntos nas eleições de vários municípios, com destaque para Blumenau e Florianópolis, onde saíram vencedores exatamente sobre o PSD. Por outro lado, PSDB e PSD estiveram juntos em 137 dos 295 municípios catarinenses.

linha azul

Minha Casa, Minha Vida 

Nova mudança no Minha Casa Minha Vida preocupa prefeituras e construtoras. O Ministério das Cidades reeditou a portaria número 160, definindo que a partir de 2 janeiro de 2017, a instituição financeira só concederá crédito imobiliário, para imóvel novo, com recursos do FGTS, para vendedores que sejam pessoas jurídicas do ramo da construção civil.  Além disso, a via de acesso, por exemplo, deverá ter pavimentação definitiva e em bom estado.

linha azul

Nova delegacia

A Câmara de Vereadores de Jaraguá aprovou projeto de lei que permite a Prefeitura doar terreno nas proximidades do Fórum para o Estado. Na localidade, será construída uma nova delegacia para a Polícia Civil. A área tem 960 m² e a obra deve receber investimento de R$ 4 milhões, em um prédio de quatro andares.