Hospital São José recebe R$ 5,2 milhões para obras do novo Centro Cirúrgico

Fotos; Fábio Junckes/OCP

Por: Elissandro Sutil

30/11/2022 - 05:11

Com a presença de autoridades, entre elas o secretário de Estado da Saúde, Aldo Baptista Neto, o prefeito Jair Franzner, dos deputados estaduais Antídio Lunelli e Vicente Caropreso e do deputado federal Fábio Schiochet, além de outras autoridades, o Hospital São José realizou na tarde da última segunda-feira (28) cerimônia de visita às obras de ampliação do Centro Cirúrgico e assinatura do repasse de R$ 5,2 milhões do governo do Estado.

Os recursos foram obtidos graças a emendas do deputado Vicente Caropreso (PSDB) e serão destinados especialmente para implantação do novo Centro Cirúrgico, onde haverá um setor de hemodinâmica e um centro cirúrgico adaptado para urgências cardiológicas.

O valor recebido será aplicado na compra de equipamentos, como um novo tomógrafo, preparação de profissionais, etc., tornando o Hospital São José uma referência nesse tipo de atendimento para obter, com isso, a autorização do Ministério da Saúde para atuar como um centro de cirurgia de alta complexidade cardíaca e cardiovascular para atendimento pelo SUS.

Deputado Vicente, diretor do HSj Maurício Souto-Maior e secretário Aldo Baptista Neto

URGÊNCIAS VÃO PARA MAFRA

Atualmente, todos os atendimentos de urgência pelo SUS são encaminhados para Mafra, no Planalto Norte, que já obteve, anos atrás, essa certificação do MS. A distância entre as cidades, e um trajeto que passa por um trecho de serra, podem muitas vezes comprometer o tratamento. Muitas vezes, de acordo com a urgência, o paciente não sobrevive até o término da viagem.

Com a instalação do centro de cirurgias cardiovasculares, o hospital estará apto a solicitar auditorias de suas atividades que justifiquem, por parte do Ministério da Saúde, o reconhecimento de sua capacidade em realizar tais procedimentos de alta complexidade. A obtenção dessa autorização beneficiará pacientes não apenas de Jaraguá do Sul como de todos os municípios vizinhos, como Corupá, Guaramirim, Schroeder e Massaranduba, para citar os mais próximos.

O médico Dr. Thales Baggio, cirurgião cardiovascular, explica a situação atual dos moradores da nossa região em relação à ausência de um serviço credenciado pelo SUS na área de alta complexidade cardiovascular: “Nós temos essa dificuldade, todo paciente que não tenha um convênio, não tenha condições de pagar o tratamento particular, acaba precisando ser encaminhado para Mafra’, explica Baggio. “e qualquer patologia do coração tem essa peculiaridade, a gente não tem tempo, vemos gente morrer porque não dá tempo para chegar até Mafra”, complementa.

Para Baggio, a estrutura em construçãono Hospital São José é um sonho, para poder atender o paciente do SUS e literalmente salvar muita gente.

Cardiologista Thales Baggio

APRESENTAÇÃO DAS OBRAS

Ambientes amplos e preparados para os novos desafios

As obras visitadas fazem parte da fase 4 do plano diretor do Hospital o novo Centro Cirúrgico contará com 10 salas cirúrgicas (passando de 192 m² para 530 m²), central de material esterilizado (de 150 m² para 370 m²), sala de RPA – Recuperação pós-anestesia ( de 150 m² para 370 m²), Farmácia (de 19 m² para 79 m²) e apoio aos serviços (de 276 m² para 544 m²), hemodinâmica (implantação do setor de cardiologia, com 134 m²) e recepção e espera ( de 73 m² para 342 m²). Os detalhes da reforma, assim como outras informações sobre o hospital foram apresentadas pelo presidente do Conselho Deliberativo do Hospital, empresário Paulo Chiodini.

A apresentação das obras foi feita pelo diretor geral do Hospital, Maurício Souto-Maior, e pelo gerente de operações, Michel Contessi. A cerimônia contou ainda com a presença de vereadores, do secretário municipal de Saúde de Jaraguá do Sul, Alceu Moretti, e dirigentes do corpo clínico do Hospital.

Na ocasião, o deputado Vicente Caropreso, o secretário Aldo e o governador Carlos Moisés foram homenageados com uma placa pelos serviços prestados ao Hospital.

Notícias no celular

Whatsapp