CDB: o que é e como investir?

Por: Warren Brasil

07/10/2022 - 09:10 - Atualizada em: 07/10/2022 - 09:59

A sigla CDB, muito conhecida no mercado financeiro, significa Certificado de Depósito Bancário. Trata-se de um investimento de renda fixa com rendimentos de acordo com o período de aplicação.

O investimento funciona como uma operação de crédito: quando você investe em um título desta categoria, na prática está emprestando uma quantia de valor para a instituição financeira emissora, recebendo em troca os juros aplicados. Esses títulos são emitidos por diversas instituições e tanto pessoas físicas como jurídicas podem investir.

Os CDBs são divididos em três categorias: pré-fixados, pós fixados e híbridos. Os pré-fixados têm a taxa de juros definida na aplicação, o que permite saber quanto irá receber no vencimento, exemplo: 14% ao ano. Já nos pós-fixados, as taxas são atreladas a algum índice, como o de inflação, o IPCA. Os híbridos trazem uma mescla das duas estruturas anteriores.

E como saber qual opção é a melhor para você na hora de investir? A escolha varia segundo as características e os objetivos de cada investidor. CDBs híbridos são, em geral, voltados para investidores preocupados em preservar o patrimônio no longo prazo. Já os pós-fixados são considerados alternativas mais estáveis, ideais para reservas que precisam ter liquidez imediata, por exemplo.

É fundamental estar bem informado na hora de investir. Os CDBs são cobertos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que é uma espécie de “seguro” que devolve até R$ 250 mil do valor aplicado em caso de falência da instituição emissora. Mesmo com esta garantia, alguns cuidados são importantes: preste atenção na liquidez do investimento, na incidência de impostos e se informe sobre a instituição emissora do título.

Além disso, é comum que as pessoas se limitem a CDBs de uma única instituição. Saiba que há corretoras que oferecem diversas opções, garantindo a você ainda mais diversificação. Na Warren, você encontra dezenas de opções emitidas por diversas instituições, assim você pode analisar cada investimento e escolher o que faz mais sentido para seu perfil e objetivos — claro, sempre com a ajuda do nosso time de especialistas.

Por Priscila Zat, especialista de investimentos da Warren. E-mail: priscila.zat@warren.com.br