Não acredito que a cor venha ser um fator preponderante e influenciador na sexualidade de um ser humano. Porém, nos últimos dias, uma onda avassaladora de comentários nas redes sociais trazem o assunto à tona através da declaração polêmica e totalmente equivocada da Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, que disse que “menino veste azul e menina veste rosa“.

Oras, vejamos, tentei analisar o fato através de diversos prismas e cheguei a conclusão de que isso se dá devido as convenções sociais existentes. Por exemplo, eu sempre gostei de usar roupas pretas. Quando era criança, deusolivre usar preto ou mesmo o roxo, pois eram cores utilizadas por quem estava de luto.

Um exemplo claro e mais tradicionalista que esse é impossível: A cor do lenço utilizado no pescoço pelos gaúchos onde “O lenço preto significa o luto, uma vez que, durante as revoluções, os soldados ou ‘caudilhos’ não podiam deixar de guerrear pela morte de um parente ou ente querido, por isso, atava um lenço preto em seu pescoço e seguia cumprir sua sina.” (https://mundotradicionalista.com.br/o-lenco/) . Outro exemplo muito claro é a utilização do branco como símbolo da paz.

Se formos levar ao pé da letra todo esse mimimi criado em torno dessas duas cores (rosa e azul), porque na atualidade a “modinha” dos chás de revelação, os papais das crianças utilizam-se dessas cores para revelar aos familiares e amigos o sexo do bebê que está para chegar? Nos semáforos porque o vermelho quer dizer pare, o amarelo atenção e o verde siga em frente (não poderia ser ao contrário?) e a campanha Outubro Rosa (câncer do colo do útero) é caracterizada pela cor rosa e o Novembro Azul (câncer da próstata) pela cor azul?

Para entendermos um pouco mais sobre o assunto, podemos buscar referência na semiótica, que nada mais é que a ciência que trabalha com os conceitos, as formas de pensar, estudando como estes mecanismos de significação se processam natural e culturalmente. A semiótica utiliza-se do sistema de signos  através das Artes visuais,  da música, fotografia, cinema, moda, gestos, religião, entre outros.

Falando um pouco sobre as questões dos signos, existem diversas formas para se expressar, algumas delas utilizadas internacionalmente, sendo que  as cores também servem como forma de identificação. Quem estuda Ergonomia e Segurança do Trabalho, sabe que para fazermos o “Mapa de Risco” nos departamentos de uma organização, as cores são utilizadas para designar os tipos de risco dentro daquele ambiente, aonde a cor verde designa risco físico, o vermelho, risco químico, o marrom, risco biológico, o amarelo, risco ergonômico e o azul, acidentes (e não tem como ser diferente).

Então, que tenhamos mais cautela ao fazermos juízos antecipados, pois certas coisas partem de tais convenções, isso não quer dizer que um menino não possa usar rosa ou uma menina estar lindamente vestida de azul.

Convenções, são convenções. Vai passar no sinal vermelho pra ver e justifica pro policial que para você o vermelho é verde!

No Pirata

Em 2019 o Pirata completa 10 anos de existência, com certeza, muitas surpresas irão rolar!

 

O Capitão manda avisar que a movimentação da embarcação mais rock’n’roll da cidade começa com tudo a partir dessa sexta-feira (05) e no sábado (06). Freezers completamente abastecidos com cerveja, que deverão estar estupidamente geladas para atender os frequentadores da casa.

Bora iniciar mais um ano no Pirata.

Vale lembrar que a censura da casa é de 16 anos, sendo que menores de 16, devem ser acompanhados pelos pais. Obrigatória apresentação de documento com foto.

Maiores informações podem ser obtidas pelo fone: 47 98407 9266.

Rooster Empório

O Rodízio de Comidas Boteco é um "must" do Rooster.

O bar mais galo da cidade continua em ritmo de férias neste final de semana. mas a partir da semana qu vem, voltam as atividades normais a partir do dia 09, com batata em dobro nas noites de quarta-feira e o melhor rodízio de boteco nas noites de quinta-feira.

O Rooster para quem ainda não sabe, fica coladinho a cabeceira da ponte da Rede Feminina de Combate ao Câncer.

Festa Pomerana

A partir da próxima quarta-feira (09), a cidade mais alemã do Brasil, Pomerode começa a receber calorosamente os turistas para a 36ª edição da Festa Pomerana, que como de costume, agita os pavilhões do Parque Municipal de Eventos daquela cidade.  A Festa Pomerana acontece entre os dias 9 a 21 de janeiro.

Vale conferir.

 

Vamos embora, porque a litorina não espera.
Até semana que vem