A grama do vizinho

Povo amado, é público e notório o amor que tenho para com a nossa Schützenfest. Esse amor todo iniciou nos primeiros anos em que ela aconteceu e ainda tinha como atração principal a banda Die Mottener. O tempo passou e em 2002 fui convidado a fazer parte da equipe de apoio que auxiliava a Comissão Central Organizadora, especificamente auxiliando voluntariamente minha querida amiga Dani Lenzi, nos serviços da secretaria da festa.

Em 2006, tive a honra de ser convidado para compor a Comissão Central Organizadora da Schützen, conhecendo verdadeiramente o trabalho e empenho de cada um dos membros que formavam a comissão.

Desde então muitas coisas mudaram na organização da festa. Já teve tenda eletrônica, shows com artistas de renome nacional, enfim, mudanças na estrutura da festa como um todo, com o intuito de trazer mais público para o evento.

Desde o ano passado, a festa que tradicionalmente acontecia no mês de outubro juntamente com outras festas pelo Estado, foi transferida para o mês de novembro, outro fator importante: ela voltou muito mais forte, trazendo consigo (graças a Deus), diversos traços culturais e de tradição germânica “importados” da sua origem nos quesitos que dizem respeito às competições de tiro, gastronomia, música (embora eu não concordar muito com as escolhas das bandas que se apresentarão este ano, sendo que muitas delas fogem da tradição por conta do seu repertório) e a utilização de trajes típicos por parte dos frequentadores (espera aí, trajes típicos? Acho que estou falando de outra festa!). E é justamente sobre isso que eu pretendo retratar através da crônica dessa semana (vocês já irão entender do que estou querendo falar...).

Nas duas últimas semanas  é comum ver nas redes sociais diversas pessoas frequentando “a festa de outubro mais famosa”, lindos, sorridentes , legendados com “Eine Prosit!”, “Alles blau!”, “Verrückt Kopf” entre outras coisas! Eu é que digo: “Du bist verrückt Kopf?", na festa do vizinho tu usas traje típico, porque não usas por aqui também?

Outra coisa que com certeza muita gente irá falar é sobre o valor do ingresso (na outra festa, aquela que o pessoal estava usando os trajes típicos, o valor da entrada era R$ 40) e por aqui os valores cobrados este ano estará na faixa entre R$ 5 a R$ 15 dependendo do dia, sendo que o público tem a oportunidade de entrar gratuitamente no Parque de Eventos até as 19h. Ainda: terão a chance de pagar meia-entrada para os casos previstos em lei. Mas o que eu quero especialmente me referir nesta crônica é que PESSOAS COM TRAJES TÍPICOS, SÃO ISENTAS DE PAGAMENTO DE ENTRADA.

E aí, o traje foi alugado só pra tirar foto na festa famosa? Pois saibam que por aqui ele é muito bem-vindo e também pode e deve ser usado!

Espero estar enganado, e entre os dias 10 a 20 de novembro ver todo esse pessoal das fotos com seus trajes típicos curtindo a nossa Schützenfest, para que eu infelizmente não tenha que confirmar o título que dei a essa crônica.

Wir Gehen Zum Schützenfest!

- 

No Sacra

Yoran Kuriwa, Luiz Souza e Sebastian Paul da banda Bazic fazem a festa no Sacra no sábado, dia 22
Yoran Kuriwa, Luiz Souza e Sebastian Paul da banda Bazic fazem a festa no Sacra no sábado, dia 22

Na quinta-feira (20), rola a noite mais divertida da casa com o Videoke do Sacra pra galera curtir cantando e acompanhado os maiores sucessos. Lembrando que os mais bem pontuados ainda ganham brides etílicos e consumindo qualquer valor na noite a entrada é totalmente grátis.

Já na sexta-feira (21), acontece a festa de lançamento da 4ª Convenção Internacional de tatuagem de Joinville e também da Tattoo Beer, que será a primeira convenção de tatuagem de Blumenau. Tudo isso acontece no #MBDM embalado pelo show da BANDA DESERTA. Outro agito da noite, será o lançamento oficial e exclusivo das cervejas Tattoo Beer Pilsen, Weiss e Pale Ale. Muitas surpresas ainda estão sendo preparadas para esta #SacraFeira especial, entre elas a distribuição de diversos brindes, sorteio de ingressos para os eventos e sorteio de uma tatuagem.

Para encerrar a semana, no sábado (22), tem a volta da banda BAZIC no palco da casa, trazendo o melhor do rock internacional pra galera, além de composições próprias da banda.

A partir das 20h a casa já está de portas abertas esperando seu público, e o ingresso custa somente R$ 10.

 

Sepultura

foto-03
Na sexta(21), a noite é por conta da banda Sepultura no Pirata Rock Bar

A história da banda Sepultura iniciou em Belo Horizonte, no ano de 1984, através dos irmãos Max e Igor Cavalera que influenciados por bandas de heavy rock como Black Sabbath, Van Halen, Iron Maiden, Motörhead, AC/DC, Judas Priest e Ozzy Osbourne, resolveram criar sua banda.

Com mais de 30 anos desde seu início, muitas histórias pra contar e mudanças na formação da banda que fora considerada a melhor banda de trash metal do mundo, resolve atracar em Jaraguá.

Atualmente o Sepultura é  formado por Andreas Kisser , Derrick Green, Eloy Casagrande e Paulo Jr.

A vinda da banda para nossa cidade é uma iniciativa do grupo União Pró Rock, formado por Leo Lima, Marco Taroni, Charles Lux e Acácio Dalsochio, que buscam manter e fortalecer o bom o rock em nossa cidade e região.

O Sepultura fará seu show nesta sexta-feira (21), no palco do Pirata Rock Bar, um evento comemorativo aos 30 anos de estrada da banda.

Os ingressos antecipados e limitados podem ser adquiridos através do site Oi Ingressos ou nos seguintes locais: Container Rock Wear, Ponto Certo Moda Jovem e Mime Matriz.

Fica o convite. ;)

-

The John Pub

foto-04
Os sucessos dos anos 80 e 90 pelo som da banda Vintage Cult, agitam a sexta-feira (21) no The John American Pub

O agito dessa semana no The John American Pub fica assim: na quinta-feira (20), vai rolar o Happy Hour The John, onde a entrada é FREE e a promoção do dia gira em torno de todos os lanches com 30% de desconto. O happy hour inicia às 18h.

Na sexta-feira (21), rola show na casa com a banda VINTAGE CULT, trazendo em seu repertório sucessos dos anos 80 e 90. Vale lembrar que na sexta, a casa abres às 20h, e até às 22h a mulherada leva na faixa uma Piña Colada. O valor da entrada é R$ 15 homens e mulheres.

Fechando a semana em alto estilo, no sábado (22), é a vez da banda RORDAK de Joinville, fazer a festa no The John. No sábado, a casa abre suas portas às 20h, e o valor da entrada é homens e mulheres R$ 10.

-

Festa da Tequila

Gabriel Borges é uma das atrações da Festa da Tequila que acontece sábado (22) na Patuá Music
Gabriel Borges é uma das atrações da Festa da Tequila que acontece sábado (22) na Patuá Music

A Patuá Music agitando para a  noite desse sábado (22),  uma noite regada a muita diversão e gente bonita, com a Festa da Tequila, que contará com a presença de Angels Performers e Tequileiros, com surtos de tequila, gelatina alcoólica e o pau da tequila (?).

No palco da casa, o melhor do sertanejo universitário, com Pedro Felipe, Gabriel Borges e o DJ residente  Bibbe Andreatta.

Vai rolar também a promoção COMBO DE ANIVERSARIANTE. Para saber mais, basta entrar em contato com o pessoal da casa através do fone|whats (47) 9608-0916, as reservas de mesas ou camarotes também podem ser efetuadas por esse número de telefone.

Os ingressos antecipados nos seguintes locais: ZG Tabacaria, Posto Mime (Matriz) e Posto Cidade (Matriz – perto do Corpo de Bombeiros).

 

Costela Fogo de Chão

foto-06

O Núcleo de Operações Aéreas e Resgate de Guaramirim programando para este sábado (22), uma costela fogo de chão, em comemoração ao Dia do Aviador.

Para quem quiser contribuir com a causa, na parte da tarde (15h), será servido um delicioso café colonial a renda da costela e do café será totalmente revertido em prol da Instituição NOAR com o intuito de manutenção da base.

Informações através do fones: (47) 9141-9530 (Dênis) ou (47) 9224-0033 (Joannes).

Para quem não sabe, a base NOAR fica na Rua Poço Grande nº 100 (um pouco antes da fazenda da WEG quem vai  no sentido BR101).

Fica aqui o convite.

-

Vamos embora, porque a litorina não espera.

Até semana que vem!