Texto escrito por Daiane Mohr, CFP, planejadora financeira da Warren.

Talvez um dos maiores desafios do ser humano seja conseguir se projetar para o futuro. Pensar para daqui 20, 30 anos parece longe demais. E aí logo vem aquele ditado: “ih, ainda tem muita água para rolar debaixo dessa ponte até o futuro chegar...”

Esse pensamento nos dá a sensação de que temos um bônus em relação ao tempo. Mas a verdade é que o tempo vai passar de uma maneira ou de outra, e está nas nossas mãos escolher como vamos lidar com isso.

Nós viemos de uma realidade muito diferente da que estamos vivendo hoje no Brasil em relação aos juros e ao quanto eles afetam nossas rentabilidades. Até 25 anos atrás, R$ 1 virava R$ 2 a cada 4 anos e tínhamos uma expectativa de vida em torno de 55 a 60 anos.

Agora, temos novos desafios. Nossa realidade de rentabilidade é outra: R$ 1 demora mais de 20 anos para virar R$ 2. Além disso, vimos um aumento considerável na expectativa de vida, que seguirá aumentando cada vez mais. Ou seja, vamos precisar de mais dinheiro para viver nossa terceira idade.

Com essa equação de mais expectativa de vida e menos juros, tem como a conta fechar para garantir um futuro tranquilo quando o assunto é dinheiro?

Eu sou fã da seguinte equação: R$ x % x T — seu dinheiro aplicado a uma taxa de juros ao longo do tempo. Essa equação tem o poder de fazer o dinheiro ir do zero ao infinito, mas ao contrário do que muitas pessoas acreditam, o resultado dela não depende apenas do quanto você poupa e do quanto o seu dinheiro rentabiliza.

O tempo é fundamental para que seu patrimônio cresça. Ele é o único fator nessa equação que não conseguimos ajustar, comprar, emprestar ou voltar atrás.

Outro dia, conversando com amigos, começamos a fazer alguns exercícios de imaginação em relação a investimentos. Começaríamos a comprar uma ação por mês no valor de R$40 e hipoteticamente essa ação teria uma rentabilidade de 1% ao mês. Faríamos isso por 70 anos, totalizando um aporte em torno de R$35.000 no período. Você tem ideia de quanto esse valor pode se transformar ao longo do tempo?

Pasmem, mas o resultado final dessa equação é de R$17.000.000. Sim, 17 milhões. É claro que dificilmente vamos ter tempo para acumular recursos por 70 anos, mas o exercício ajuda a mostrar o poder do Tempo em multiplicar o seu patrimônio.

Agora que você já conhece os desafios que temos na nossa realidade atual e qual é a equação mágica, está nas suas mãos a decisão de quando você quer atingir a sua independência financeira — e como você quer estar quando esse dia chegar. E lembre-se: não é uma escolha entre viver bem agora ou no futuro. Se você ajustar bem os fatores, você conseguirá ter equilíbrio para aproveitar a vida no curto, no médio e no longo prazo.

Daiane Mohr, CFP® da Warren - Contato: daiane.mohr@warren.com. | warren.com.br