No dia 1º de setembro, comemoramos o Dia do Profissional de Educação Física. Como homenagem ao trabalho desses educadores, vamos apresentar à comunidade a relevância e a grandeza desta profissão que está, ampla e profundamente, presente na nossa sociedade.

A intervenção dos profissionais de educação física na vida das pessoas começa muito antes dos primeiros passos, lá na gestação, cuidando das futuras mamães para que tudo corra bem no parto. Após o nascimento, estimulamos bebês para que possam ter um bom desenvolvimento motor, cognitivo, afetivo e social.

Na educação infantil, o cuidado que temos com os pequenos potencializa os processos de plasticidade cerebral e mielinização, essenciais para a inteligência.

Através da psicomotricidade, cuidamos para desenvolver tônus, equilíbrio, esquema corporal, as regiões percepto-motoras do cérebro e das funções executivas, necessárias para a autoperformance, a alfabetização e um bom desempenho escolar.

Além disso, estamos presentes em todo o ciclo escolar, apresentando aos estudantes a cultura corporal do movimento e a oportunidade de serem educados através das brincadeiras e jogos.

O jogo é uma metáfora da vida e todo o aprendizado que ele oportuniza proporciona a quem joga conhecer a si mesmo, os outros e aprender a conviver. São as famigeradas habilidades socioemocionais que desenvolvemos desde a mais tenra idade.

Fora do ambiente escolar, cuidamos da vida de diversos atletas e das mais de 360 modalidades esportivas existentes no mundo, para que as pessoas possam trabalhar, socializar, exercitar-se e divertir-se. O ser que trabalha também brinca, e lá estamos nós em hotéis, cruzeiros, parques, tornando a vida um pouco mais leve.

Defendemos a bandeira da inclusão, atuando de diferentes formas, com as mais variadas deficiências, principalmente pelo paradesporto.

Cuidamos da prevenção da saúde da população nos hospitais, nos núcleos de apoio à saúde da família (NASF), nos centros de referência da assistência social (CRAS), entre outros.

E para aqueles que trabalharam a vida toda, também oferecemos nossos cuidados. Tentamos esticar um pouco mais o fio da existência humana, de forma digna, atuando com a terceira idade.

Percebam que usamos e abusamos do verbo ‘cuidar’, porque é o que nós mais gostamos e fazemos com excelência.

Cuidar da saúde e bem-estar das pessoas, de todas as faixas etárias, para prolongar a vida, estreitar os laços e tornar esta jornada mais significativa. Parabéns a todos os profissionais de Educação Física pelo seu dia!

Marcos Antonio Fari Junior - Marcos é professor de Educação Física e mestre em Educação, atua como docente na UniSociesc.