Para discorrer sobre a profissão docente, algumas provocações são interessantes. A instituição de ensino tem a finalidade e o papel social de desenvolver habilidades e conhecimentos considerados importantes para a formação do sujeito.

Desenvolve, ensina e transmite valores, crenças, conhecimentos e habilidades que se tornam indispensáveis para a participação dele na sociedade. Além disso, busca processos educacionais que visam a emancipação do sujeito.

Mas, o que é essa tão comentada emancipação? Tal conceito aparece no decorrer da história do pensamento humano com uma diversidade de sentidos. Para a professora Terezinha Azeredo Rios, por exemplo, a escola tem como tarefa fundamental construir, reconstruir e socializar o conhecimento e, nesse processo, formar o cidadão para que atue criticamente no contexto social do qual faz parte, para exercer seus direitos e, nessa medida, ser de verdade, uma pessoa feliz. (RIOS, 2001, p.26)

Precisamos refletir a respeito da educação que queremos, bem como a sociedade que desejamos, e compreender a ação de ensinar nos dias de hoje. Como os professores, em seus diferentes níveis de ensino, entendem a ação de ensinar? Que sentido essa ação tem para eles e para seus estudantes?

Será que o fazem de forma a transmitir informações levando a educação para o plano da instrução apenas? Ou, entendem a ação de ensinar como uma atividade social complexa, carregada de conflitos de valor, que exigem posturas éticas e políticas, além de uma dinâmica criativa e sensível, capaz de administrar situações conflituosas nos contextos escolares?

O processo de formação do pedagogo requer uma base de conhecimento que inclui conhecimento do conteúdo, conhecimento pedagógico, do conteúdo pedagógico, curricular, dos aprendizes, dos contextos educacionais, dos objetivos educacionais, a visão de mundo e de conhecimentos históricos, políticos e éticos.

Aprender é uma atividade que implica uma relação com os saberes produzidos pela humanidade e, ao mesmo tempo, uma atividade (trans)formadora. Assim, a atividade docente requer reflexão e crítica, ou seja, questionamentos dos modos de pensar, sentir, agir, produzir e distribuir conhecimentos, problematizando e analisando as situações da prática social.

O Curso de Pedagogia da UniSocies Jaraguá do Sul tem esse compromisso com a formação de professores. Nossos egressos saem preparados para atuar desde a sala de aula da educação infantil até o Ensino Fundamental, coordenação e gestão das escolas, assim como em áreas educativas de espaços não escolares. Venha conversar conosco e conhecer mais do nosso curso!

Profª Drª Rosane Santana Junckes - Coordenadora do curso de Pedagogia da UniSociesc Jaraguá do Sul.