O motivo para março estar amarelo é para chamar a atenção à necessidade da conscientização mundial da Endometriose, que afetas inúmeras mulheres.

Para entender melhor a Endometriose é importante saber que o útero possui uma camada que o reveste, chamado endométrio. Mensalmente o endométrio fica mais espesso para que o óvulo fecundado possa se implantar nele. Quando não acontece a gravidez, esse endométrio aumentado descama, e então é expelido pela menstruação.

A endometriose se estabelece quando este tecido se desloca para outras partes do corpo, como ovários, trompas, intestino, bexiga. Na endometriose, as células uterinas localizadas fora do útero também se descamam no período menstrual, causando sangramentos para dentro dos órgãos onde se encontram.

De acordo com a OMS, no Brasil estima-se que 7 milhões de mulheres sofrem de endometriose. A doença, além de prejudicar a qualidade de vida da mulher, com sintomas como cólica menstrual intensa, ciclo menstrual irregular e dores durante a relação sexual, diarréia ou constipação, dor pélvica crônica, depressão e ansiedade, podendo levar também a infertilidade.

Se você tem ou conhece alguém que tenha alguns destes sintomas descritos, procure um profissional da saúde, que através da história clínica, avaliação, exames laboratoriais e de imagem, podem chegar a um diagnóstico. O problema tende a evoluir com o tempo, e apesar de crônica, existe tratamento para amenizar os sintomas.

A fisioterapia dispõe de recursos para controle da dor e desconforto, bem como alterações posturas, com ótimos resultados, como a massagem perineal, eletroestimulação, crioterapia, biofeedback, exercícios pélvicos e posturas, acupuntura, melhorando a qualidade de vida desta paciente.

Lembrando que manter um estilo de vida saudável, através de uma alimentação equilibrada, prática de atividade física, ter um sono regular, reduzindo seu nível de estresse, não optando pela automedicação e visita ao médico, contribuem para prevenção e controle do avanço da doença.

Na CLÍNICA SER, temos profissionais especializados na área uroginecológica, e acupuntura, para o controle da doença e tratamento dos sintomas.