Atualmente estamos cada vez mais acostumados a usar ventilação de forma não natural em nosso dia a dia, mas não há nada melhor que um sistema de ventilação natural. O uso do sistema natural pode tornar o ambiente mais agradável e charmoso.

Ainda assim, é preciso ter em mente que cada projeto tem suas particularidades, inclusive devido a região onde estão situados. A diferença na direção do vento, a temperatura média do local, além de necessidades espaciais e configurações dos ambientes são detalhes que exigem atenção.

Na arquitetura temos muitos designs diferentes que podem contribuir para deixar a ventilação natural mais atraente para o projeto em termos visuais, confira algumas ótimas opções:

A ventilação natural é a utilização de sistemas ecológicos, que não requerem soluções automatizadas ou mecânicas. Além de ser ecológica, a ventilação natural também é mais econômica e depende de fatores externos naturais, como o vento e a temperatura do espaço interior e arredores.

Ventilação Unilateral

A ventilação unilateral é o uso de aberturas em apenas uma lateral de um edifício. Tal estratégia é utilizada para ventilar naturalmente o espaço de projetos com área limitada. Os sistemas de ventilação unilateral também são usados em projetos onde a ventilação cruzada não pode ser aplicada, devido a restrições estruturais ou ambientais. Lembre-se, porém, que este tipo de ventilação gera uma menor circulação de ar nos sistemas de ventilação natural.

Ventilação Cruzada

A ventilação cruzada é quando as aberturas em um volume são dispostas em paredes opostas ou adjacentes, permitindo que o ar entre por ambos os lados, atravesse o espaço e saia na direção oposta.

A opção fica a critério do cliente, mas é possível englobar muitas variáveis no projeto, se inspire:

PJV Arquitetura

Saiba mais e fale conosco através de nosso site e redes sociais:

@pjvarquitetura

www.pjvarquitetura.com.br