É compreensível que você fique na dúvida na hora de escolher qual profissional contratar para o planejamento e execução de cada etapa da sua obra, afinal, tanto o engenheiro civil, quanto o arquiteto, exercem funções parecidas e podem, inclusive, trabalhar juntos no desempenho da obra.

O projeto, fiscalização e execução da obra, envolvem ambos os profissionais, mas há diferenças específicas, das quais você irá conhecer agora e não ter mais dúvidas na hora de escolher o profissional correto para cada etapa.

Engenheiro civil, o que faz?

Quando a obra está na etapa de cálculos de estrutura, bem como, sistemas complementares o profissional ideal é o engenheiro civil. Também compete aos engenheiros, os estudos e desenhos técnicos das partes de elétrica, hidráulica e geotécnica.

Arquiteto, o que faz?

O arquiteto está diretamente ligado as necessidades do cliente. Ele é contratado para pensar em soluções internas e externas da obra, criar projetos e desenhos, que envolvam a distribuição de ambientes, acessibilidade e paisagismo.

Do interior ao exterior, cada detalhe deve ser projetado pelo arquiteto. As principais funções atribuídas ao profissional em uma obra, são: concepção dos espaços, estudo de fachadas, ventilação, iluminação, escolha de materiais e revestimentos, mobiliário e acabamentos.

Ou seja, o profissional arquiteto cria, desenvolve e concebe todos os projetos relacionados a forma e função de uma edificação, onde então, o engenheiro civil é responsável pelo desenvolvimento de projetos técnicos complementares.

Ambos os profissionais, podem ter os serviços contratados separadamente, mas é de essencial importância que eles se comuniquem e possam se completar na hora de atender as necessidades do cliente. Há escritórios, assim como a PJV Arquitetura, que oferecem serviços de arquitetura, engenharia e interiores em conjunto, o que facilita e gera praticidade para o cliente.

Outras dúvidas

O arquiteto de interiores, também pode ser designer de interiores?

Embora as áreas de atuação sejam parecidas, onde ambos desenvolvem soluções para estética, ergonomia, mobiliário, iluminação, acabamentos, tendências e combinações, somente o arquiteto de interiores possui o título que o qualifica para assinatura do registro de responsabilidade técnica.

Sendo este, laudo ao qual permite promover mudanças na estrutura de uma edificação, como demolir e construir paredes, alterações em pontos elétricos, hidráulicos, gás, entre outros. Por tanto, se o objetivo do projeto a ser desenvolvido, envolve alterações na estrutura, além da concepção de móveis, iluminação e acabamentos, o profissional mais indicado para sua obra é um arquiteto de interiores.

Qual profissional devo chamar para a execução da minha residência?

Todos! Se você pensa em uma obra completa, com projeto, execução, harmonia, ergonomia, praticidade, acessibilidade e decoração. O engenheiro, arquiteto e arquiteto de interiores poderão auxiliar sua obra conforme cada especialidade citada acima. O importante é contratar profissionais de confiança para atender suas necessidades e planos.

Sobre a PJV

A PJV Arquitetura foi fundada por Pablo J. Vailatti em 2002. Hoje oferta aos seus clientes soluções completas em arquitetura, interiores e engenharia. Conheça mais sobre o escritório acessando o site www.pjvarquitetura.com.br. Acompanhe também pelas redes sociais @pjvarquitetura.