Santa Catarina conta com as duas maiores empresas da região Sul do país.

Os dados são do índice 500 Maiores, do Grupo Amanhã, em sua edição 2020, com dados referentes à 2019.

As duas maiores empresas da região Sul do país são do setor alimentício, a Bunge Alimentos, de Gaspar e a BRF, de Concórdia.

Elas são seguidas pela WEG, de Jaraguá do Sul, no segmento de Máquinas e Equipamentos. Duas empresas de Joinville, a Whirlpool e a Tupy, também constam na liderança do ranking estadual, em 6º e em 10º.

Além disso, as duas empresas constam entre as 50 primeiras posições da ranking das 500 maiores do Sul, em 19º e 26º, respectivamente.

Também constam na lista a Engie Brasil Energia, Celesc e suas controladas e a Eletrosul Centrais Elétricas S/A, no setor de energia; a Coopercentral Aurora, no setor de cooperativas; a Whirlpool, no segmento de eletroeletrônicos; a Tupy S/A, no setor de metalurgia e a o Grupo Havan, no setor varejista.

O ranking é baseado em dois fatores: a receita líquida da empresa e o Valor Ponderado de Grandeza (VPG).

Indicador resultado da soma de 50% do patrimônio líquido, 40% da receita bruta e 10% do lucro (prejuízo) líquido do exercício.

Vacinação aquece economia global

Os Barômetros Globais da Economia sobem expressivamente em março refletindo o sucesso inicial das campanhas de vacinação contra a covid-19 em alguns países e o otimismo quanto à possibilidade de se alcançar o controle sobre a pandemia nos próximos meses.

Os resultados, no entanto, continuam heterogêneos entre as grandes regiões pesquisadas.

O Barômetro Global Coincidente sobe 4,5 pontos em março, de 97,9 pontos para 102,4 pontos, alcançando o maior nível desde dezembro de 2017.

O Barômetro Global Antecedente sobe 11,9 pontos, para 117,1 pontos, maior nível desde junho de 2010.

A análise é do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) no documento Barômetro Global Coincidente.

Inflação

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a variação da cesta de compras de famílias com renda de até cinco salários mínimos, registrou inflação de 0,82% no país em fevereiro, percentual maior que o de janeiro (0,27%). É, também, a maior taxa para o mês de fevereiro desde 2016 (0,95%).

Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (11), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o INPC acumula 1,09% no ano e 6,22% em 12 meses.

Inflação [2]

Já o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial, ficou em 0,86% em fevereiro deste ano, taxa superior ao 0,25% registrado em janeiro deste ano e em fevereiro do ano passado. Essa é a maior alta para o mês desde 2016 (0,90%).

O IPCA acumula taxas de inflação de 1,11% no ano e de 5,2% em 12 meses.

Petrobras

A Petrobras convocou Assembleia Geral Extraordinária para a eleição dos membros do Conselho de Administração da empresa para o dia 12 de abril.

A reunião será feita de forma digital. A assembleia também analisará o nome do general Joaquim Silva e Luna, indicado pelo governo federal para substituir Roberto Castello Branco na presidência da empresa, e elegerá um novo presidente para o Conselho.

O Conselho de Administração da Petrobras tem 11 membros, mas apenas oito serão escolhidos na assembleia, pois três deles permanecerão nos cargos.

R$ 110 bilhões

A União poderá injetar R$ 110 bilhões na economia com a doação e a regularização de imóveis da União até 2022, divulgou na noite de quarta-feira (10) a Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União do Ministério da Economia (SPU). O dinheiro virá de três formas: alienação, cessão e concessão e racionalização.

Esses três eixos fazem parte do Programa SPU+ , regulamentado por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União. O programa pretende modernizar a gestão e a governança dos imóveis pertencentes à União.