A Marisol, indústria de Jaraguá do Sul, que em maio completa 55 anos de fundação, participa do Espaço Indústria, ambiente localizado na Fiesc, em Florianópolis, e que todos os meses apresenta produtos e serviços produzidos pela indústria de Santa Catarina.

A empresa produz 18 milhões de peças de roupas e 3 milhões de pares de calçados por ano e aposta em estratégias de crescimento.

Em sua apresentação na Fiesc, o presidente da Marisol, Giuliano Donini, expôs a estratégia de desenvolvimento de marca adotada pela empresa.

Ele relatou o case da marca Lilica Ripilica, que se tornou Top Of Mind Nacional, sendo reconhecida por 102 milhões de brasileiros, o correspondente a 65% da população do país.

Segundo o empresário, uma das ações foi a criação de uma personagem em uma série animada, exposta em um canal infantil de TV a cabo e em redes sociais.

A série já foi vista por 1,6 milhão de pessoas apenas em redes sociais e é líder nos segmentos de meninas, meninos e mães de 25 a 49 anos. O sucesso permitiu o licenciamento de marca, como o que ocorreu com a também catarinense Condor, produtora de produtos de higiene dental.

 

 Você conhece os podcasts do OCP?

Assine e receba novos episódios todos os dias

Apple Podcasts | Spotify | Soundcloud

 

O presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, enalteceu a estratégia. “É um caso de uma marca que se transforma em um novo negócio”, disse. Ele destacou que a Marisol é um exemplo da força das indústrias nascidas em Santa Catarina, para as quais o Espaço Indústria está aberto.

As duas unidades fabris da empresa jaraguaense contam com 2,4 mil colaboradores. A Marisol é líder no mercado brasileiro de vestuário premium e em franquias infantis, totalizando 390 lojas, além de atuar no e-commerce.

WEG tem alta nos lucros líquidos

A WEG divulgou na última semana uma alta de 11,7% no lucro líquido do quarto trimestre, para R$ 335,3 milhões.

A companhia obteve um crescimento de 30,2%no lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) do período, para R$ 489,8 milhões, com a margem subindo de 14,1% para 15,7%.

O grupo elevou a receita líquida do quarto trimestre em 17%, para R$ 3,1 bilhões, impulsionada por faturamento em mercados fora do Brasil, que subiu 29,4% em reais e 10% em dólares.

O retorno sobre capital investido avançou 1 ponto percentual, encerrando o quarto trimestre em 17,6%.

Diálogo Industrial

CNI, Fiesc e o Sebrae promovem nesta terça-feira (26), o evento Diálogo Industrial, com debate sobre o tema “Sucesso na crise: aumento de produtividade, fazendo mais com menos”.

Para falar sobre o assunto, estará em Jaraguá do Sul Marcos Yoshikazu Kawagoe, com 26 anos de experiência profissional e atuação em corporações internacionais como Saint Gobain e Embraer, além de ter liderado o Programa Mundial de Excelência Empresarial (P3E) para aumento da produtividade, qualidade e competitividade.

O evento ocorrerá no Centro Empresarial, das 15h às 17 horas. A inscrição é gratuita e aberto à participação de empresários, empreendedores e executivos de todas as áreas, e ao público em geral.

Informações pelo telefone (47) 3273-8116 ou pelo e-mail marcia.izidoro@fiesc.com.br.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?