O governo lançou na segunda-feira (2) o Plano Nacional de Logística (PNL) que, se levado adiante pelo próximo presidente poderá gerar economia de até R$ 54,7 bilhões por ano a partir de 2025.

A proposta é, em sete anos, fazer o transporte ferroviário superar o rodoviário - uma proposta deveras surreal, tendo em vista que projetos muito menores no setor, como o contorno ferroviário no Vale do Itapocu, se arrastam há mais de uma década.

A primeira etapa do PNL se estende até 2025 e está em andamento. Caso o próximo presidente mantenha o cronograma de obras, haverá uma redução de R$ 54,7 bilhões dos custos de transporte até 2025, sem considerar o preço do frete —que pode cair até lá.

Hoje, esse custo é de R$ 342 bilhões e compromete a competitividade dos produtos brasileiros destinados à exportação.

Fica evidente que parte do plano é uma reação ao impacto calamitoso causado pela paralisação dos transportes rodoviários em maio - 64% da malha logística do país é rodoviária e o Brasil peca em sua malha ferroviária, reduzida a cerca de 29 mil quilômetros, contra os 1,61 milhão de quilômetros de rodovias.

Se o plano seguir a rota planejada, até 2025, a dependência de rodovias cairá dos atuais 64% de participação do volume de cargas para 50%.

Essa diferença, de acordo com o PNL, será praticamente incorporada pelas ferrovias, que saltam de 18% de participação para 31% - com tendência de superar o transporte rodoviário no longo prazo.

Isto é, se o plano for seguido a risca, um prognóstico pouco plausível tendo em vista não apenas o desafio de manter um projeto deste porte na sucessão presidencial, como também o imenso labirinto burocrático que cerca obras públicas de grande porte no país, marcado por corrupção, atrasos e superfaturamento.

O governo federal alega que o PNL previne obras eleitoreiras - o próximo presidente poderá, via comitê, interferir na ordem das obras do PNL, mas não poderá, sozinho, decidir que obras entram na lista - mas nada comenta sobre o caráter dúbio de propor, em ano eleitoral, corrigir uma deficiência histórica da matriz de transporte do país. Projeto que seria mais crível se obras neste sentido não estivessem atrasadas há anos.

-

Sábado Legal

Os clientes do comércio jaraguaense terão mais tempo para as compras neste sábado (7). Neste dia, a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) promove mais uma edição do Sábado Legal, iniciativa que mantém as lojas abertas até às 17h.

Aciag celebra 40 anos com palestras

Os desafios de empreender somados às diversas transformações culturais e tecnológicas foram abordados por Alexandre Weiler, professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em sua palestra na Associação Empresarial de Guaramirim (Aciag).

O evento, realizado na noite desta segunda-feira (2), faz parte da série de ações alusivas aos 40 anos de fundação da entidade. Este foi o segundo evento comemorativo.

O primeiro, realizado em março deste ano, contou com a presença do jornalista esportivo, Clayton Conservani, que trouxe a palestra motivacional “Limites Extremos”.

Na segunda-feira da semana que vem, (9), o convidado é o economista Ricardo Amorim, eleito um dos brasileiros mais influentes, segundo a “Revista Forbes”.

ViaBR em nova identidade visual

Os clientes dos autocenters da marca ViaBR, pertencente ao Grupo Breithaupt, vão conhecer a nova identidade visual das lojas a partir desta semana.

A transição ocorrerá, primeiramente, em Jaraguá do Sul e Canoinhas, e, na sequência, também será implantada em São Bento do Sul. A marca está em expansão e, recentemente, inaugurou um autocenter na cidade de Brusque.

Ainda estão previstas aberturas de lojas em Mafra, Joinville, Florianópolis, Blumenau, Navegantes, Itajaí e Camboriú.

Petrobras suspende processos de parceria

A Petrobras informou ontem a suspensão dos processos competitivos para a formação de parcerias em refino.

Em fato relevante divulgado ao mercado, a empresa ressalta que a medida foi tomada “em decorrência de decisão cautelar proferida pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que questiona dispositivos da Lei das Estatais”.

Feira Casa & Decoração

De 6 a 8 de julho, Jaraguá do Sul irá sediar a 6ª edição da Feira Casa & Decoração, que será acompanhada de uma feira de imóveis. Os eventos irão ocorrer na Arena Jaraguá (rua Gustavo Hagedorn, 636, bairro Nova Brasília).

A expectativa da Episteme Eventos, empresa organizadora, é de que, nos três dias cerca de 10 mil pessoas visitem o local.

A proposta é possibilitar que o consumidor possa em um só lugar encontrar a solução completa para seu lar, seja ela construir, reformar, decorar ou adquirir um imóvel.

...

Quer receber as notícias no WhatsApp?