O incessante assédio por parte de bancos oferecendo empréstimo consignado para aposentados pode estar chegando ao fim: a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Associação Brasileira de Bancos (ABBC) anunciaram nesta quarta-feira (24) uma série de medidas para desestimular o assédio de instituições financeiras interessadas em oferecer, através de ligações telefônicas, crédito consignado a aposentados.

A ideia é a de promover uma autorregulação para a oferta desse serviço, de forma a evitar a concorrência desleal, que é praticada por instituições financeiras que tentam, na base da insistência, obter contratos visando empréstimos consignados, que são abatidos diretamente na folha de pagamento dos benefícios.

A previsão é de que essas regras entrem em vigor a partir de 2 de janeiro de 2020. Entre as medidas previstas está a criação de uma base centralizada de dados abrangendo instituições financeiras e seus correspondentes, que são os vendedores diretos do crédito consignado.

Eficiência em saneamento

A WEG e a SDS Automação realizam nesta quinta-feira (26) o primeiro encontro de Eficiência, Automação e Conectividade para Saneamento. O evento, com presença de representantes de várias empresas do setor, ocorre na WEG, das 8 às 18h, e inclui palestras e uma visita ao Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae).

Rotativo sobe

Os clientes de bancos pagaram taxas mais altas no rotativo do cartão de crédito, de acordo com dados divulgados hoje (25) pelo Banco Central (BC). A taxa média do rotativo do cartão de crédito subiu 6,9 pontos percentuais em relação a julho, chegando a 307,2% ao ano.

Encontro empresarial

A Acijs realiza no dia 30, segunda-feira, mais um Encontro Empresarial, abordando nesta edição a importância que as organizações têm dado, cada vez mais, ao capital humano e à gestão das pessoas.

O evento ocorre às 18 horas, no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul e terá como convidado Humberto Wahrhaftig, engenheiro mecânico com especialização em planejamento e Gestão de Negócios.

Confiança da construção

O Índice de Confiança da Construção, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 0,5 ponto em setembro e passou para 87,1 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos.

A queda ocorreu depois de três meses de altas consecutivas, que acumularam crescimento de 6,9 pontos na confiança no período.

O Índice da Situação Atual, que mede a confiança no presente, se manteve estável no patamar de 77,6 pontos.

Tesouro direto

Os investimentos em títulos do Tesouro Direto, em agosto, chegaram a R$ 1,98 bilhão, enquanto os resgates foram de R$ 2,10 bilhões, sendo R$ 1,95 bilhão em recompras e R$ 149,31 milhões em vencimentos, com resgate líquido de R$ 126,39 milhões, informou nesta quarta-feira (25), a Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Economia.

Multas parceladas

Entre várias propostas, a Comissão de Constituição de Justiça da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) debateu e aprovou nesta terça-feira (24) um projeto de lei que implementa parcelamento do IPVA e de multas em até 12 vezes. A proposta é de autoria do Deputado Milton Hobus (PSD) e ainda segue a plenário.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger