Foto Divulgação

Foto Divulgação

O economista Paulo Pereira Miguel, responsável pela área de Pesquisa Econômica e Estratégias de Investimentos na consultoria internacional GPS Investimentos, estará em Jaraguá na segunda-feira, dia 15, para falar sobre os cenários no Brasil após as eleições.

O especialista é convidado da Acijs e fala às 18 horas, no Centro Empresarial. Articulista econômico do jornal Folha de S. Paulo e membro do conselho de administração do Grupo Terra Viva, na palestra o especialista abordará os reflexos e tendências para o Brasil passada a campanha eleitoral de 2018, analisando cenários econômicos e políticos e a inserção do país no cenário internacional.

O acesso é gratuito e aberto a empresários, profissionais de todas as áreas e ao público em geral. Informações pelo telefone (47) 3275-7027 e pelos e-mails eventos@acijs.com.br e eventos@apevi.com.br.

Redução na gasolina

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (10) uma redução de 0,9% no preço da gasolina vendida em suas refinarias. A partir de quinta-feira (11), o combustível passará a ser negociado a R$ 2,1691, abaixo dos R$ 2,1889 estabelecidos na terça-feira.

Empresariado crítica multa

A aplicação de multas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) por descumprimento na tabela de frete mínimo foi criticada na terça-feira por representantes do setor empresarial. Em audiência pública para tratar do tema, os representantes pediram o adiamento na aplicação da regra.

Em setembro, a ANTT informou que estudava aplicar multa de R$ 5 mil por viagem àqueles que contratarem transporte rodoviário de carga com valor inferior ao disposto pela tabela.

A agência disse estudar também a aplicação de R$ 3 mil para quem anunciar ou intermediar a contratação de frete com valor inferior aos piso mínimo.

Economia Solidária

O Ministério do Trabalho estará presente na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que será realizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações em Brasília, de 15 a 21 de outubro.

Durante o evento serão apresentados os resultados das ações de fomento à Economia Solidária como forma de diminuição da desigualdade social e econômica, desenvolvidas em todo o país.

As experiências apresentadas ao público, estimado em 90 mil pessoas, têm como foco a coleta de materiais recicláveis e o projeto Cataforte, desenvolvido desde 2009 e que já atendeu a mais de 10 mil pessoas em 13 estados e no Distrito Federal, distribuídas em 33 redes formadas por 436 cooperativas e associações de catadores e catadoras de materiais recicláveis.

O projeto tem impacto direto em mais de 30 mil pessoas – familiares e moradores das localidades onde as ações são realizadas.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?