O impacto das novas tecnologias e das mudanças sociais da era digital sobre o mercado cervejeiro é o próximo tema do projeto Disrupção.TUDO, que conta com seu sétimo capítulo em novembro.

Organizado pelo advogado Raphael Rocha Lopes, o projeto é composto por palestras breves segmentadas por temas, trazendo ao público experiências profissionais ou suas revoluções pessoais impactadas pela tecnologia.

O evento ocorre dia 20 de novembro, às 19h, no Coolworking - Espaço de Conexão. Palestram os cervejeiros Júlio César da Silva e Denis Torizani, sobre como a tecnologia, a inovação e disrupção influenciaram as rotinas e os avanços de suas cervejarias.

Júlio, sócio da Cervejaria Maestro, vai falar sobre "Inovação baseada no compartilhamento e ambiente amigável de negócios", e o tema de Denis, sócio da Cervejaria Stannis, será "Inovando com alegria".

Cheque Especial

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta quarta-feira(6), que anunciará, em breve, um projeto para redesenhar o cheque especial.

Em audiência na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, Campos Neto classificou o cheque especial como “um produto muito regressivo”, com peso maior de juros sobre quem tem menor renda.

Ele destacou que a maioria das pessoas que usam o cheque especial têm renda baixa e menos acesso à educação financeira. Segundo Campos Neto, 44% dos que usam o cheque especial ganham até 2 salários mínimos e 67% cursaram até o ensino médio.

FGTS

A Caixa Econômica Federal inicia nesta sexta-feira (8) mais uma etapa do calendário de pagamentos do Saque Imediato do FGTS.

Os trabalhadores nascidos em abril e maio poderão realizar o saque de até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do FGTS. Mais de 8,8 milhões de pessoas serão alcançadas nessa nova fase, com liberação de aproximadamente R$ 3,4 bilhões.

Para facilitar o atendimento, 2.381 agências da CAIXA abrirão em horário estendido na sexta (08) e na segunda-feira (11). A lista das agências com horário especial de atendimento está no site fgts.caixa.gov.br.

Intenção de investimento em alta

O Estudo Sondagem Conjuntural, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com dados de setembro, mostra a retomada do otimismo entre os donos de micro e pequenas empresas.

O percentual daqueles que acreditam na melhoria do cenário econômico cresceu de 56% em agosto para 59% em setembro.

Ainda segundo o levantamento, seis em cada 10 empresários (58%) têm planos de investir no próprio negócio em 12 meses.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger