Foto Eduardo Montecino/OCP News
Foto Eduardo Montecino/OCP News

A Caixa Econômica Federal lançou nesta terça-feira (19) um pacote de vantagens voltado às mulheres empreendedoras. A estratégia permanente de apoio e incentivo ao empreendedorismo feminino, denominada Caixa Mulheres, abrange taxas diferenciadas no capital de giro, modalidade de crédito destinada às microempreendedoras, cartão de crédito com design especial e sem anuidade, além de outras vantagens.

A ação prevê ainda educação financeira e capacitação profissional voltadas para o público feminino, e é parte da programação do banco público para o dia mundial do Empreendedorismo Feminino.

O evento de lançamento começou às 9h na CAIXA Cultural Brasília, com a participação do presidente do banco, Pedro Guimarães, das palestrantes Ana Fontes, idealizadora da Rede Mulher Empreendedora, Janete Vaz, fundadora do Grupo Sabin, Renata Malheiros, coordenadora nacional de projetos de empreendedorismo feminino do Sebrae, Gabriela Mansur, promotora de justiça e criadora do blog Justiça de Saia, além de clientes empreendedoras ou que pensam em empreender.

Gasolina sobe

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (19) o aumento de preço da gasolina em 2,8% em suas refinarias. O último aumento do combustível ocorreu em 29 de setembro. Também houve reajuste de 1,2% no preço do óleo diesel.

O aumento foi no combustível vendido nas refinarias para os distribuidores, ou seja, os postos de gasolina. O valor final que o motorista pagará para abastecer seu carro dependerá de cada posto.

WEG loca motores

A WEG firmou o primeiro contrato de locação de motores elétricos para a WestRock, fabricante mundial de embalagens de papel e papelão.

O contrato, firmado através do Programa WEG Opex, uma parceria entre WEG, Banco Santander e CSI Leasing, para viabilizar a renovação de parques fabris com projetos de eficiência energética, vai substituir motores antigos e ineficientes da unidade da WestRock em Três Barras por motores atuais e com nível de eficiência IR4.

Dólar em disparada

Em um dia de oscilações no mercado financeiro, a moeda norte-americana teve uma pequena alta e fechou no maior valor da história. O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (18) vendido a R$ 4,206, com alta de R$ 0,013 (0,3%).

Esse foi o maior valor nominal, sem considerar a inflação, desde a criação do real, em julho de 1994. Na manhã desta terça-feira (19), a moeda seguia em alta, a R$ 4,212 por volta das 9h15.

Sistema simplificado

O Presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Jaraguá do Sul, Gabriel Seifert, criticou a iminência de cortes nos benefícios fiscais do Simples Nacional.

"Se este benefício for retirado do micro e pequeno empreendedor, será necessário, antes, criar um sistema tributário tão simples como o Simples Nacional e que tenha mecanismos e tamanho de alíquota suficiente para incentivar este empreendedor a crescer sem inseguranças jurídicas e alíquotas pesadas", comentou.

Diálogo Industrial

O advogado e engenheiro florestal Rodrigo Meister de Almeida, especialista em engenharia da segurança do trabalho, participa no dia 26 de novembro da série Diálogos da Indústria, no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul.

A convite da CNI, FIESC e SEBRAE, ele abordará como as empresas podem se prevenir em relação a passicos trabalhistas causados por insalubridade e periculosidade.

O evento ocorre às 8h30 e é gratuito, mediante confirmações de presença telefone (47) 3372-9454.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger