O presidenciável João Amoêdo palestrou na quarta-feira á noite para uma plateia entusiasmada no Baependi. Quem não foi terá a oportunidade para saber o que pensa o pré-candidato do Novo hoje, às 11h, em sabatina que será transmitida ao vivo nas redes sociais do grupo OCP. Mas um dado chama a atenção e deve servir de alerta; as projeções de voto branco, nulo e abstenção são crescentes.

Embora toda a sujeira tirada do tapete pela Lava Jato revolte e de certa maneira mine as esperanças de um povo já sofrido, sem educação de qualidade e sem muitas perspectivas de ascensão, desperdiçar a oportunidade de escolha não é uma decisão inteligente.

Quem diz que não há opção, que é só mais do mesmo, é porque está com preguiça de pensar, analisar e fazer a escolha certa. Neste pleito teremos candidatos de direita, de centro e de esquerda bem definidos como há tempos não se via. Há os pretendentes de partidos tradicionais e também há os novos, como Amoêdo e Flávio Rocha. Isso falando na escolha para quem vai comandar o Palácio do Planalto, porque o cardápio tem opção também para deputado estadual, federal – ainda nebulosas estão as indicações a governador e senador.

O que os eleitores e a imprensa precisam fazer é obrigar os candidatos a fazerem um debate sincero, aberto, sobre temas às vezes espinhosos e que não vão agradar a todos. Assim os próximos representantes terão a legitimidade para fazer o que as urnas apontarem como necessidade.

 

Terreno para AMA

O prefeito Antídio Lunelli (PMDB) entregou à presidente da Associação dos Amigos dos Autistas, Leila Modro, documento que oficializa a cessão de um terreno no Jaraguá Esquerdo para que a entidade possa construir sua sede. A AMA atende cerca de 100 crianças, jovens e adultos de Jaraguá do Sul e região.

 

Filas na Saúde e contratação

A reclamação quanto à demora no atendimento de saúde em Jaraguá do Sul é crescente. Nas redes sociais do OCP, ontem, o tema repercutiu. Alguns internautas disseram estar há mais de 150 dias aguardando uma simples consulta com clínico geral. Para tentar reverter o quadro, ontem, no Diário Oficial do Município, saiu a publicação de convocação para dois médicos clínicos gerais e uma enfermeira, aprovados no último concurso.

 

Estado terá que

pagar atrasados

A situação da saúde dos municípios é agravada pelo atraso de repasses. O Ministério Público deu prazo de 30 dias para o Governo do Estado retomar o pagamento e apresentar um cronograma aos municípios catarinenses. Os valores destinam-se ao custeio de programas de saúde pública e ao incentivo financeiro de R$ 0,30 por habitante estabelecido por lei. Em caso de descumprimento, os valores serão sequestrados da conta do Estado, que ficará sujeito, ainda, a multa.

 

 

Em Foco

*Repercutiu no OCP matéria sobre a greve dos caminhoneiros. Dessa vez, a maioria da opinião pública se posiciona favorável, embora exista preocupação com possível violência e quanto aos prejuízos ao já sucateado Brasil e a diversos setores da economia. Em Criciúma, um posto de combustível foi notificado, vendia gasolina a R$ 6,50.

*O governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) esteve ontem em Brasília, para tratar de recursos federais para a saúde. Depois, foi ao Rio de Janeiro, onde pediu agilidade do BNDES na aprovação do financiamento de R$ 723 milhões para obras estaduais. Entre eles, R$ 37 milhões que permitirão a conclusão da Ponte Hercílio Luz. Uma novela sem fim. Um dos entraves é a capacidade de endividamento de Santa Catarina, quase esgotada.

*Os vereadores mirins de Jaraguá do Sul aprovaram moção de apelo pedindo ao prefeito de Jaraguá do Sul e ao presidente do Sindicato dos Servidores Públicos para que as negociações do aumento de salários sejam realizadas sem a necessidade da paralisação dos serviços e que, se não for possível acordo, seja repensada a forma de reposição das aulas sem que para isso as famílias precisem reestruturar suas rotinas. O documento será encaminhado ao prefeito Antídio Lunelli e ao líder sindical Luiz César Schorner.

*Continua a disputa no PMDB para indicação à corrida pelo governo do Estado. Publicamente, Eduardo Pinho Moreira e Mauro Mariani não medem forças, mas internamente contabilizam os aliados.

*No PSDB, a versão é que Paulo Bauer será o candidato, mas cada vez mais o ex-prefeito de Blumenau Napoleão Bernardes ganha espaço. Ele é visto como o vice ideal para o PMDB, só resta combinar com os tucanos.

Quer receber as notícias no WhatsApp? Clique aqui