Foto Aqruivo OCP News
Foto Aqruivo OCP News

O prefeito de Corupá, João Carlos Gottardi (PP), aguarda aprovação da Câmara, onde não tem tido vida fácil, de projeto de financiamento junto à Caixa Econômica Federal por meio do programa Finisa para obtenção de R$ 7 milhões para obras estruturais do município.

Em 2017, o prefeito já havia tentado aprovar um projeto de financiamento, à época, de R$ 5 milhões, mas teve o pedido rejeitado pelos vereadores.

Gottardi salienta que não espera ter o projeto rejeitado novamente e afirma que é fundamental que os vereadores exerçam o papel de trabalhar em prol da população deixando de lado oposições partidárias.

Atualmente, os nove vereadores do município são oposição ao partido do prefeito, que no começo do ano deixou o PP e migrou para o PSD.

“Eu espero ter um bom senso por parte dos vereadores porque a população quer que isso aconteça, eles são inteligentes o suficiente para saber entender e atender a demanda. Hoje eu estou num partido político e eu não tenho nenhum vereador, mas eu consigo conversar com os nove vereadores, nós fomos eleitos para trabalhar pelo povo. Esse projeto é para isso, para melhorar a vida do povo de Corupá”, defende.

O projeto foi apresentado no dia 1º de abril e os vereadores têm um prazo regimental de 45 dias para votar a matéria.

O valor da parcela para pagamento do empréstimo será de R$ 64 mil nos primeiros dois anos. Atualmente, o município possui um gasto mensal de R$ 109 mil com pagamento de empréstimos feitos pela gestão anterior.

Segundo Gottardi, três parcelas distintas serão quitadas até a metade do próximo ano, o que seria suficiente para cobrir o pagamento do novo empréstimo pleiteado junto a Caixa.

“Em junho terminamos uma parcela de R$ 24 mil, em outubro uma de R$ 28 mil e na metade do ano que vem mais uma de R$ 15 mil. Somando todas essas já são R$ 66 mil. A realidade dos caixas dos municípios é essa, se você não buscar empréstimo, não consegue fazer obra”.

Do recurso, R$ 2,7 milhões serão aplicados na pavimentação de 40 ruas, R$ 2,5 milhões  na construção de uma nova Estação de Tratamento de Água (ETA), no bairro Ano Bom, R$ 1,1 milhão, na aquisição de maquinário para obras,  R$ 500 mil, na adequação dos espaços internos da Prefeitura nova e  R$ 200 mil  na aquisição e instalação de 30 câmeras de monitoramento.

Cidadania e inclusão

Arthur Kessler de Araujo acompanhou a diretoria da UPDown durante sessão da Câmara de Vereadores. O menino mostrou desenvoltura e chamou a atenção dos parlamentares ao compor as cadeiras. A Associação UPDown foi criada por um grupo de pais de crianças com Síndrome de Down.

A principal luta é a desmistificação e a busca por atendimentos especializados de estimulação, fundamental para quebrar rótulos e mostrar que cada um a sua própria maneira é capaz de ser e surpreender.

Visita repercute

Secretário da Casa Civil, Douglas Borba, postou no seu Instagram fotos da agenda que cumpriu nesta semana em Jaraguá do Sul.

Avaliou como ótimos os encontros, admitiu que as obras na 280 e na SC-108 são as principais demandas e elogiou ainda a estrutura dos hospitais Jaraguá e São José, que, segundo ele, devem servir de exemplo para o resto do estado.

Investimento em aeroportos

O deputado Carlos Chiodini (MDB-SC), participou da reunião do Fórum Parlamentar Catarinense com o secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzaman, em Brasília, para falar sobre a situação dos aeroportos de Santa Catarina.

A privatização dos aeroportos do Bloco Sul, que contempla terminais catarinenses de Joinville e Navegantes e está prevista para ser concluída em 2010, foi amplamente discutida no encontro.

Para o deputado Chiodini, é preciso ficar atento e vigiar, junto ao Fórum Parlamentar Catarinense, para que haja boas previsões de investimentos nos aeroportos de Navegantes e Joinville, que receberam no ano de 2018, 1.902.864 e 481.612 de passageiros, respectivamente.

Para comemorar

Durante a apresentação dos resultados dos seus 100 dias à frente do Executivo estadual, o governador Carlos Moisés comemorou o número de 45 mil novos empregos com carteira assinada registrados este ano.

Só para se ter ideia do feito que mostra a reação da economia catarinense, em 2018 inteiro foram registrados 41 mil empregos, de acordo com o secretário da Fazenda, Paulo Eli.

PP e DEM

O ex-prefeito de Blumenau, ex-deputado federal e ex-candidato a vice-governador João Paulo Kleinübing, presidente do DEM em Santa Catarina, foi nomeado assessor parlamentar do senador Esperidião Amin (PP), com salário de R$ 8,141,32.

Além da afinidade pessoal, reforça a afinidade política e aproxima ainda mais o PP e o DEM.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?