Como diz o vereador Pedro Garcia (MDB), atualmente na sexta legislatura e já tendo passado pela presidência da Câmara em duas ocasiões, em uma eleição da Mesa Diretora da Casa surpresas no último minuto podem acontecer.

Embora seja o principal cotado para o cargo de presidente – devido ao acordo entre governo e vereadores da base ainda em 2016 -, o vereador Marcelindo Gruner (PTB) é cauteloso na hora de falar sobre o que visualiza ou espera realizar no próximo ano, caso sua eleição se confirme de fato.

“Ter humildade de entender que há um processo eleitoral”, ele explica, destacando que primeiro é preciso conhecer o resultado da votação – que acontece no dia 20 de dezembro, última sessão ordinária do ano -, para então falar sobre projetos e propósitos como presidente.

Hoje, o parlamentar conta que já possui o apoio de oito vereadores para sua eleição, e acredita que ainda conseguirá um novo voto ou até mesmo uma unanimidade, o que incluiria o voto de Ademar Winter (PSDB), que também lançou candidatura.

Sobre a composição dos demais membros da Mesa, tanto Celestino Klinkoski (PP) quanto Jackson Ávila (MDB) afirmam na matéria da repórter Verônica Lemus da edição desta quinta-feira que seriam vice-presidente. Marcelindo diz que a base conversa para definir os demais integrantes.

“O Celestino se colocou à disposição, o Dico (Isair Moser) pode ser o secretário e o Jackson também gostaria de ser vice, isso a base irá conversar”, ele afirma.

Ainda sobre a eleição, Gruner diz que o mais importante seria perceber a “leva de políticos diferentes” atualmente no município, principalmente os vereadores, “que estão percebendo que é preciso ter palavra”.

Mais um voto em Marcelindo

Pedro Garcia (MDB) também anuncia voto em Marcelindo Gruner (PTB) para presidente da Câmara. “Eu pedi voto para ele votar em mim e também voto nele agora, e é o acordo feito”, comenta o vereador.

No entanto, embora garanta seu voto, Garcia diz que não pode falar pelos outros e comenta que assim como em outras legislaturas, “no último minuto pode ter uma surpresa”.

Mais macadame

O presidente da Câmara de Guaramirim Ernesto Friedemann (PP) comemorou a conquista de uma pedreira pelo Município.

Ele destaca que a aquisição vai permitir mais material para manutenção das estradas e mais economia para o setor de Obras, já que o Município não terá custos com a pedreira, segundo afirma.

Entretanto, o vereador lamentou que, enquanto acompanhava a retirada das primeiras cargas de macadame, foi ofendido por um servidor.

Mesmo assim, o pepista afirma que continuará fazendo o trabalho que compete ao vereador, de fiscalizar as obras.

Transporte coletivo

Em Guaramirim, a situação do transporte coletivo também tem sido motivo de preocupação. O vereador Charles Longhi (MDB) apresentou pedido de informação, pedindo ao Executivo documentos informando quando será publicado o edital para licitação do serviço na cidade.

Longhi destaca que o município está sem contrato há pelo menos sete anos e que uma nova concorrência é necessária “com urgência”.

Excelência em turismo

A Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer de Corupá está mobilizando moradores do município e da região para votação do Título Beto Carrero de Excelência no Turismo 2018 promovido pela Santur.

A votação vai até o dia 3 de dezembro. Para participar e conferir a lista de candidatos e categorias, é só acessar o site da Santur (Santa Catarina Turismo).

 Fechamento do ano

Há um mês para o fim do ano, o governo de Schroeder se prepara para o fechamento das contas de 2018. Além do 13º já pago em parcela única aos servidores, há dez dias, no próximo dia 20 de dezembro serão acertados o salário do mês e as férias.

Neste ano, o recesso será coletivo, a partir do dia 26 de dezembro, por 30 dias, mantendo-se apenas as equipes de plantão em setores essenciais, como saúde e educação.

“Não vai ter ponto facultativo”, ele afirma. O prefeito ainda destaca que vem trabalhando para deixar o pagamento dos fornecedores em dia, sem restos a pagar para o próximo ano.

 Combate à corrupção

O fortalecimento das controladorias internas no setor público tem importante papel na prevenção de atos de corrupção.

É o que afirma o promotor de justiça Samuel Dal Farra Naspolini, coordenador do Centro de Apoio Operacional da Moralidade Administrativa do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), em evento da União dos Vereadores de Santa Catarina (Uvesc), na Assembleia Legislativa.

“Um vereador atento, diligente e que busca a eficiência no seu trabalho, necessariamente precisará do apoio de uma controladoria bem estruturada”, palestrou o promotor, a vereadores.

Visita

O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli (MDB), e o secretário de Obras, Onésimo Sell, visitam as obras de duplicação da BR-280, no trecho onde estão sendo construídos os túneis.

Enquanto demais trechos andam de forma mais lenta, obras do túnel se mantiveram, pois não depende de indenizações. Também acompanharam a obra o engenheiro Paulo Kitamura e o gerente de contrato, Mauro Butzke.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?