O mês de abril foi de aumento das despesas de gabinete na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul. Os gastos somaram R$ 4.303, contra R$ 2.852 no mesmo mês do ano passado e R$ 1.989 em março de 2018.

Lideram a conta Pedro Garcia (MDB), com despesas de R$ 813, depois aparecem Anderson Kassner (PP) com R$ 803 e Eugênio Juraszek (PP) com 537. Os três parlamentares não fazem uso de celular da Câmara, mas tiveram as maiores despesas com deslocamento de automóvel, item que mais pesou na conta total dos gabinetes, com R$ 1.514. Depois, aparecem telefonia móvel, com R$ 980, e impressões e cópias, com R$ 838.

Na outra ponta, os parlamentares mais econômicos foram Ronaldo de Souza, com R$ 42,20 de gastos de cópias, impressão e telefonia fixa, seguido de Jackson Ávila (MDB), com R$ 88,95, e Jaime Negherbon (MDB), com 138,46.