A exoneração do presidente do Issem (Instituto dos Servidores Municipais) Ademar Possamai (DEM) foi confirmada na manhã desta segunda-feira, mas ainda não foi publicada no Diário Oficial do município.

O governo deve anunciar o substituto nos próximos dias. Outros filiados do DEM podem ser convidados a deixar o Paço.

A mudança faz parte da reestruturação política do governo e pode ser uma porta de entrada para o PSD, sigla com a qual o MDB vem conversando desde o ano passado.

Além disso, a postura do DEM na eleição passada ao lançar candidato a deputado estadual, o ex-secretário de Saúde, Jonas Germano Schmidt, descumprindo acordo entre a base, gerou insatisfação.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?