Quem busca qualidade de vida deve aprender a avaliar criteriosamente os rótulos das embalagens dos alimentos. Muitas vezes, palavras como integral, diet, light ou natural estão em destaque. Entretanto, surge aquela dúvida: será que são bons para a saúde mesmo?

A nutricionista Polyana Souza explica que, infelizmente, existem produtos industrializados com ingredientes que fazem muito mal à saúde. Ela ressalta que a pessoa compra aquele produto na inocência, pois o rótulo indica que é sem açúcar e saudável.

“Quando o paciente traz esse produto pra mim, vejo nos ingredientes que tem vários componentes que não são benéficos. Por exemplo, diz que é sem açúcar e tem maltodextrina, glicose de milho. Então, não é adequado à dieta do paciente. Por isso é tão importante a pessoa olhar não só as informações na frente do rótulo que são para vender o produto, mas olhar os ingredientes que tem nesse produto”, ressalta a nutricionista.

As informações importantes, geralmente, estão no verso da embalagem, descritas em letras bem menores que as encontradas em destaque.

A proprietária da Naturale Produtos Naturais, Daiana Rumpf, enfatiza que, para selecionar os produtos da loja, a equipe tem um programa interno chamado “De olho no rótulo”, onde é feita uma análise minuciosa do que está entrando nas prateleiras.

“A gente cuida exatamente do que a Poly falou: a lista dos ingredientes. Não nos deixamos levar por promessas do rótulo, ou porque é uma embalagem bonita, ou porque o produto está na moda, está vendendo muito, está prometendo e entregando resultados. Isso nada importa pra gente. O que faz diferença para a Naturale é toda uma lista de ingredientes”, garante.

Entre as substâncias mais visadas por Daia está o glutamato monossódico, que está presente principalmente nos salgadinhos e temperos, por isso a parte a granel geralmente é invadida pelos realçadores de sabor, levando toda a equipe de loja a ficar de olhos bem abertos.

Outros componentes que ganham atenção: alto índice de maltodextrina, corante de caramelo, transgênicos, inclusive na soja e no milho a granel.

Ficou com dúvidas sobre o tema? Sem crise! Procure a equipe da Naturale e a nutricionista Polyana Souza, da Spa & Health, para aprender a interpretar os rótulos e levar mais saúde para sua casa.

Acompanhe o OCP + Equilíbrio pelas plataformas OCP News, redes sociais dos parceiros e jornalistas, @claudiocosta.jornalista, @anahhgoncalves, @esteticaspahealth, @receituariomagistral, @naturale.produtos, , @ocpnews e pelo perfil oficial do projeto @ocpmaisequilibrio.