O município, constantemente, é apontado como um dos mais seguros do país – em 2018, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), foi considerado o mais seguro do território brasileiro, dentre as cidades com mais de 100 mil habitantes.

Para alcançar esse nível de excelência, a sociedade jaraguaense entendeu muito bem o preceito constitucional que diz que a Segurança Pública é, também, uma responsabilidade de todos. A integração da Polícia Militar com as entidades privadas, poder público municipal, Poder Judiciário, Ministério Público, outras forças de segurança e, claro, com a sociedade, reflete em índices criminais baixíssimos.

O povo, além de ordeiro e trabalhador, auxilia o trabalho policial na área preventiva, através da implementação das Redes de Vizinhos, e a participação efetiva nos Conselhos de Segurança, o que denota a excelente relação entre a polícia e a comunidade – que é um dos grandes trunfos, e fazem com que inúmeros projetos como aquisição de viaturas e equipamentos como o superdrone, e treinamento para os policiais saiam do papel.

Essas ações mostram que com planejamento, investimento e parcerias multissetoriais, é possível tornar nossas cidades mais seguras e tranquilas de se viver. Em Jaraguá do Sul a comunidade nos abraça e nós, Polícia Militar, abraçamos a comunidade.

Desta forma, as ações de segurança pública, que visam preservar a ordem e proteger a vida, além da realização de nossa missão constitucional de polícia ostensiva, num ambiente favorável, e com o devido apoio, refletem a paz e a tranquilidade de uma sociedade que respeita sua polícia, e que não fica somente esperando o direito pela segurança pública, mas realmente se responsabiliza por ela.