Diz Martha Medeiros* que, quando era adolescente, a escrivaninha do seu quarto ficava contra uma janela diretamente para a rua. Entre ela e o "mundo" havia persianas horizontais que ocultavam o que acontecia lá fora, para ela se concentrar nos estudos. Mas, de vez em quando, ela abria espaço entre as lâminas para espiar.

No ambiente empresarial, abrir espaços (frestas), quebrando a rotina, para ver o que acontece do outro lado da vida e não só o que está bem na frente dos olhos, remete à figura do consultor.

A contratação de um consultor representa um momento importante numa empresa, pois alguém de fora pode contribuir com visão e bagagem de outras realidades, descortinando alternativas diferentes a modus operandis ‘viciados’ num mesmo modo.

Consultores normalmente ampliam o ‘repertório’ do negócio, criam desafios, desconcentram questões estratégicas em poucas pessoas, enfim, catalizam a evolução do negócio num todo, via, normalmente, aplicando as chamadas ‘melhores práticas de governança’. Mas, nunca é um ‘salvador da pátria’.

Embora inexista uma fórmula que assegure a escolha de um profissional ideal, um caminho seguro para a escolha de um bom conselheiro costuma ser a chamada propaganda ‘boca a boca’ e, contratado o consultor, que haja abertura (baixa resistência a ideias novas), transparência, sinceridade e colaboração sinergética, a partir da compreensão de que o conselheiro, em princípio, tem conhecimento do universo dos negócios, está conectado com o mundo empresarial de forma geral, mas não (num primeiro momento) com o negócio em si.

Mecanismos de defesa tornam-se muito ativos quando o processo de gestão de mudanças envolve alterações intrínsecas de pessoas, com questões emocionais que costumam direcionar, até então, decisões e ações. Por isso, os diálogos precisam ser baseados sempre em dados e fatos que facilitem o convencimento.

Ou seja, quanto mais ‘científicos’ os argumentos, melhor. Por outro lado, ter a paciência como virtude sempre presente, pois mudanças não se fazem de forma disruptiva, mas de maneira gradual. Também, porque o papel do consultor (apoio, visão e expertise) muda conforme o nível de amadurecimento da empresa.

Num estágio mais avançado, por exemplo, o foco passa a ser direcionado para o que vem pela frente, isto é, com o amadurecimento, o futuro ganha muito mais destaque do que o monitoramento do dia a dia. Há, ainda, a etapa que fecha o ciclo: a perenização do novo modelo estruturado, com atenção sempre voltada ao perigo de novas zonas de conforto, quando tudo parece estar funcionando bem.

Ademais, o trabalho de um consultor, como tudo na vida, tem dia e hora para começar, bem como para acabar. E nesse interregno, o consultor deve manter-se ‘coadjuvante’, nunca ‘protagonista’, papel este sempre reservado aos colaboradores e gestores da empresa.

Um trabalho bem realizado, quando absorvido pela empresa, é assumido como desta, sem necessidade de tutoria contínua na sua gestão e cultura organizacional.

Enfim, o principal legado de um consultor é ‘plantar’ um ambiente empresarial aberto a novas visões, novos desafios, novas críticas, ou seja, a novos incômodos, nunca criando um vínculo pernicioso de dependência permanente de ‘muletas de apoio’, ‘bengalas de cegos’ ou ‘cães guias’.

*Martha Mattos Medeiros, escritora, aforista, poetisa e cronista. Seus livros já ultrapassaram a marca de um milhão de exemplares vendidos.

Disponível para compra na Grafipel, em Jaraguá do Sul. Também com dedicatória personalizada, diretamente com o autor.

Emílio da Silva Neto

Dr.Eng. Industrial, Consultor/Conselheiro/Palestrante/Professor (*) Sócio da ‘3S Consultoria Empresarial Familiar’ (especializada em Processo Decisório Colegiado, Governança, Sucessão, Compartilhamento do Conhecimento e Constituição de Conselhos Consultivos e de Família). Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento

Curriculum Vitae: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4496236H3
Tese de Doutorado: http://btd.egc.ufsc.br/wp-content/uploads/2016/08/Em%C3%ADlio-da-Silva.pdf
Contatos: emiliodsneto@gmail.com | (47) 9 9977-9595 | www.consultoria3S.com