Por Nelson Luiz Pereira_integrante do Conselho Editorial do OCP

 

Neste sábado (31), às 21h30, nossa brava representante jaraguaense das Olimpíadas de Tóquio, Simone Ponte Ferraz, realizará sua maior prova. Correrá com as melhores do mundo, na pista do Estádio Olímpico, que lhe arrancou lágrimas de emoção e admiração.

Seu primeiro contato com a pista, cujo vídeo viralizou na internet, é uma prévia demonstração de que nossa atleta olímpica competirá com alma, coração, emoção, garra, obstinação, convicção e superação. Este é o combustível que tem movido essa disciplinada guerreira, desde seus treinos até as competições.

Ela conquistou o mundo porque, em essência, se tornou especialista em ignorar obstáculos. Sem dúvidas, foram incontáveis, voltas, topadas e tombos, até atingir a marca olímpica que é para poucos.

Por isso, hoje na pista olímpica, nossa destemida representante já entrará na condição de campeã, independentemente de resultado. Isto porque, antes de competir com as melhores do mundo, ela estará competindo com ela mesma, na companhia de Deus do céu, de Zeus do Olimpo e da torcida dobrada de cada jaraguaense.

Antes da linha de chegada, ela já teria instigado em cada um de nós, o “senso de olimpismo”, norteado pelos princípios da amizade, respeito, solidariedade, igualdade, excelência, determinação, coragem e inspiração. E se isso tudo não trouxer medalha, trará glória.

Então, que a chama olímpica, ou ‘mitológica faísca do sol,’ ilumine de forma triunfal suas passadas. E agora, com a palavra, Simone Ponte Ferraz: “Sei que o nível da prova e as minhas concorrentes são fortíssimas, mas estou aqui para dar o meu melhor e fazer a minha melhor marca pessoal, entrando para a história do Brasil. Se tudo der certo e eu for abençoada com uma final olímpica, ficarei muito feliz, mas já estou muito realizada por participar de uma Olimpíada. Conto com a torcida de todos os jaraguaenses.”