Por Nelson Luiz Pereira_conselheiro editorial do OCP

 

A Câmara de Vereadores, no exercício de sua função legislativa, tem em sua missão, fundamentalmente, exercer a representatividade e assegurar os direitos dos cidadãos. Por isso, o compromisso precípuo do exercício da vereança para com seus eleitores, é a presença assídua aos trabalhos parlamentares, nas comissões e plenário, para efetivo cumprimento das tarefas legislativa, fiscalizadora, julgadora e administrativa.

É notório que a pandemia do Coronavírus tenha impossibilitado o exercício da representatividade presencial, exigindo que as sessões transcorressem no modelo virtual. No entanto, com a disseminação da vacina em curso, o modelo presencial vai retornando gradativamente.

Atenta à essa nova ordem, a primeira sessão da nova legislatura 2021, do município de Jaraguá do Sul, ocorrida na terça-feira (2), se deu no formato presencial, envolvendo inicialmente os parlamentares.

Certamente, num futuro breve, os munícipes também poderão acompanhar, presencialmente, as sessões no ambiente físico da Casa de Leis, ou Casa do Povo. Enquanto esse momento não chega, a Câmara de vereadores disponibilizará as sessões, para acompanhamento dos munícipes, via redes sociais.

Oportuno se faz, então, salientar que, independentemente das contingências do momento, a democracia é uma construção coletiva. Caberá aos munícipes, acompanhar e cobrar as ações e atitudes de seus representantes, pois essa é uma postura cívica demonstrando que a participação no processo, não se esgota no voto.

Uma sociedade que elege, participa, questiona e cobra de seus representantes, tem chances maiores de obter êxito em suas demandas.