A existência de praças no seio de uma cidade contribui significativamente, e de forma sustentável, para a coesão social. São incontáveis os benefícios que esses espaços urbanos geram em todas as dimensões da vida em sociedade. Portanto, praças são partes indissociáveis de uma cidade.

Uma das praças mais tradicionais, localizada no coração de Jaraguá do Sul, ganhará em breve, uma nova identidade visual, estrutural e funcional, correspondendo aos modernos conceitos de urbanismo, mobilidade e convivência. Será, também, uma forma de manter viva na memória dos jaraguaenses, a origem desse importante espaço público.

O inovador projeto da Praça Ângelo Piazera já se encontra concluído e a equipe técnica da Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo, está trabalhando na elaboração do orçamento da obra.

O lançamento do edital está previsto para acontecer até o final do segundo semestre deste ano, para início da obra ainda em 2021 ou começo de 2022. De acordo com registros históricos do município, a respectiva Praça foi inaugurada em 4 de outubro de 1941, juntamente com o prédio da antiga prefeitura, hoje Museu Emílio da Silva.

Atualmente a Praça é dividida em duas áreas, denominadas de Praça Histórica, em frente a fachada principal do Museu e, Praça Contemporânea, aos fundos do referido edifício.

A requalificação de toda a área, foi pensada com muito critério arquitetônico, buscando otimização no tocante a múltiplos aproveitamentos dos espaços por parte da população.

Certamente, a nova Praça Ângelo Piazera, transformará e embelezará ainda mais o semblante ambiental da cidade.