O turismo cultural é um setor em plena expansão graças ao crescente processo de globalização. Caracteriza-se pelo desejo de amantes do turismo explorarem, conhecerem, vivenciarem e absorverem novos lugares e culturas, visando a diversidade de conhecimentos como poder e vantagem competitiva para o auto crescimento.

Políticas que promovem o turismo e a cultura, contribuem para economia, bem como, para a preservação da história, dos valores e dos costumes locais. A região do Vale do Itapocu reúne grande potencial turístico cultural ainda a ser explorado com investimentos.

Tendo em vista esta valiosa oportunidade, a Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali), o Cigamvali, consórcio responsável pelo setor, fechou uma parceria com o Sebrae/SC, para a elaboração do Plano de Cultura e Turismo dos municípios da região: Schroeder, Massaranduba, Guaramirim, São João do Itaperiu e Barra Velha. Salienta-se que Corupá e Jaraguá do Sul, também fazem parte da Amvali, mas já possuem seus projetos turísticos em andamento.

O plano se fundamenta, essencialmente, em viabilizar, na região, um Destino Turístico Inteligente, com diversidade de rotas, possibilitando, inclusive, que as pequenas empresas da região possam se valer dessa estratégia para divulgarem seus negócios e, consequentemente, incrementarem seus faturamentos.

Em síntese, trata-se de uma ação de desenvolvimento, que alia modernas tecnologias de informação com as potencialidades naturais, geográficas e culturais da região, baseada em pilares relacionados à sustentabilidade, governança, tecnologia e experiência turística e cultural.