Por Nelson Luiz Pereira_conselheiro editorial do OCP

 

Com longeva e singular trajetória, e inserida num universo midiático em constante mutação, a Rede OCP de Comunicação, completou 102 anos de existência, correspondendo com lucidez e acuidade às novas dinâmicas e conceitos de jornalismo. Vencendo desafios e absorvendo oportunidades, assegura sua missão de “informar e conectar a comunidade com os fatos que impactam a vida”.

Como meio de comunicação regional mais antigo em circulação do Estado de Santa Catarina, a história do OCP se funde com a história de Jaraguá do Sul e região. Ultrapassar a marca de centenário pautando o cotidiano, é um feito facultado a visionários movidos e orientados por nobres princípios e ideais.

Fundado em 10 de maio de 1919, por Venâncio da Silva Porto, e gerenciado por Arthur Müller, o OCP superou guerras, ditaduras, crises econômicas e as mais variadas intempéries da história. Ou seja, nessa trajetória entre 1919 e 2021, onde a prensa e linotipos deram lugar aos multicanais de conteúdos em tempo real, se fez necessário muito exercício de construção, desconstrução e reinvenção.

E é com esse peculiar dinamismo que estamos superando, também, a presente crise pandêmica, nos reinventando aos novos tempos. Num universo infectado por fake news, o desafio e diferencial estratégicos passam a ser a habilidade em fornecer conteúdo relevante e crível, como matéria prima para formação do senso crítico.

A ordem então, já absorvida pela Rede OCP, é perseguir e dominar a nova dinâmica da comunicação multiplataforma, servindo as multidemandas por meio de multicanais, entendendo a instituição imprensa como um dos pilares da democracia.

Convictos de que a rotina diária das pessoas conectadas com o mundo e com o conhecimento, inicia-se pela leitura de um bom jornal, brindamos esse marco com nossos assinantes, anunciantes e colaboradores.