O Brasil vacinou até o momento 84 milhões de brasileiros com a primeira dose, representando 34% da população. Ao passo que 31 milhões já receberam a segunda dose, equivalendo a 15%.

Para efeito comparativo, Jaraguá do Sul vacinou até o momento 63,5 mil jaraguaenses, representando 35% de sua população. Ao passo que 17,7 mil já receberam a segunda dose, equivalendo a 10%.

Como já sustentado aqui nesse espaço editorial, embora o município reúna capacitação, organização e estrutura adequada para vacinação de forma célere, dependemos do gargalo limitador do Estado Nacional, ou seja, da disponibilidade e logística do imunizante. Isso explica o fato de estarmos, ligeiramente, abaixo da média nacional. No entanto, o avanço do processo de imunização, já começa apresentar resultados animadores.

Números da Secretaria Municipal de Saúde nos dão conta de que, passados cinco meses da imunização, o número de óbitos de pessoas acima dos 60 anos, apresentam contínua redução. Cabe destacar que desse público, que corresponde a 20.566 pessoas, 99% já receberam a primeira dose da vacina, e 55% a segunda.

Também se faz oportuno ressaltar que a Secretaria de Saúde do município, continua insistindo na importância da vacina e lembrando que todos os imunizantes oferecidos são eficazes contra o coronavírus, além de cientificamente seguros.

Embora se deva respeitar a liberdade de cada um quanto a adesão à vacina, nunca é demais alertar que saúde pública é coisa séria. Enquanto se avança no processo de imunização, os protocolos de cuidados estabelecidos pelas autoridades sanitárias, devem continuar sendo criteriosamente obedecidos. Vacine-se!