Acontece, de 9 a 23 de setembro, o Pedágio Digital da AMA - Associação de Amigos do Autista. Contribuir com esse solidário evento, é aderir a “uma ação de amor que transforma vidas”. O caminho é muito simples, basta acessar: www.amajaraguadosul.com.br e doar o que estiver disponível no coração.

O pedágio solidário da AMA já faz parte da agenda anual da entidade, porém, esta edição tem um sentido especial, pois coincide com seu aniversário de 30 anos. Fundada em 16 de setembro de 1991, a AMA tem como nobre missão “contribuir para a autonomia e inclusão do autista, estando capacitada para o atendimento especializado em serviços de assistência social, educação e saúde, mantida pela ação de grupo de voluntários, convênios e contribuições da sociedade.”

Estima-se que no Brasil, o contingente de portadores do TEA - Transtorno do Espectro Autista, tenha ultrapassado os dois milhões. Embora se verifiquem pesquisas e esforços científicos nesse campo, metade desse contingente, aproximadamente, ainda carece de diagnóstico.

Especialistas sustentam que o autismo consiste numa complexa síndrome que compromete, basicamente, três importantes áreas do desenvolvimento humano: comportamento, comunicação e socialização. Em que pese a limitação da ciência em identificar as reais causas, a conscientização, sabedoria e ações coletivas podem fazer a diferença.

O grande desafio repousa no diagnóstico precoce de observação, conjugado com digno e competente acolhimento, tratamento e esforços de inclusão social. Repousa aqui, a essência do trabalho da AMA. Mas, torna-se oportuno salientar que essa luta não pode se restringir a uma entidade, ela é uma missão comunitária.

Por pertencer a todos, ela reafirma o princípio de que servir é o único propósito que dá sentido maior à condição humana.