Os momentos difíceis da vida não pedem licença. Chegam sem aviso prévio e viram nossas rotinas de cabeça para baixo. Já que não escolhemos vivê-los, resta aprender com as lições que eles nos deixam. E sempre deixam.

Estar em meio a uma crise não é nada confortável, mas com resiliência e boa vontade, podemos descobrir formas para criar, acelerar transformações, sermos mais arrojados e buscar oportunidades. Não podemos ficar parados, mas usar estes momentos para encontrar nosso lado mais humano, solidário, empático e patriótico.

Na Católica SC, estamos aprendendo muito juntos, a começar por nossos professores e alunos, que mergulharam de cabeça nas aulas on-line. Vídeos foram gravados, novas ferramentas de comunicação e edição foram descobertas e experimentadas.

E o que dizer dos nossos colaboradores? Implementaram uma rotina semanal de feedbacks, uma cartilha com dicas para o bem-estar emocional e criaram o Católica Club, uma plataforma para enriquecer a vivência universitária.

Os integrantes do Projeto Comunitário não ficaram atrás. Eles se mobilizaram e, em maio, vão viabilizar a doação de pelo menos 400 máscaras de tecido para famílias em situação de vulnerabilidade de Jaraguá do Sul e Joinville.

Este sentimento de cidadania é compartilhado por um time da área de tecnologia, que aproveitou o período para expandir os conhecimentos das regras de negócio na área de saúde por meio da atuação no desenvolvimento de um sistema para triagem da Covid-19. Os professores Glauco Scheffel, Diogo Winck e Manfred Heil Jr., o aluno Lucas Cordeiro e o egresso Luiz Almeida Junior colaboram voluntariamente com o Hospital de Campanha em Joinville.

Quem também está craque em assuntos da área de saúde é o pessoal do nosso estúdio Farol, que desenvolveu uma campanha preventiva para a Maternidade Darcy Vargas. Os artistas por trás das peças são os acadêmicos Gustavo Pereira Forte, Rebeca de Oliveira Gomes, Lucianna Henning e Jonadaby Pereira Angewicz, sob a coordenação do professor Jean Fabyano Andrighi. Esse novo desafio tornou essa equipe ainda mais capacitada, pois está exigindo bastante agilidade na criação dos materiais.

Outra iniciativa louvável foi a parceria do pessoal de Design com empresas da região em prol da fabricação de jalecos para o Hospital São José. Cedemos o laboratório de Costura e Modelagem para a realização dos cortes do tecido, deixando as peças prontas para a costura. A modelagem foi feita pela egressa do curso de Moda Tyara Nascimento.

Já a pilotagem e o corte dos materiais arrecadados ficou a cargo de voluntárias e da responsável técnica Marcia Laube, nossa colaboradora. A atividade já proporcionou a confecção de mais de 330 jalecos, peças de vestuários destinadas para a proteção de médicos e recepcionistas da unidade de saúde. Desta forma, o grupo descobriu o potencial de oferecer à comunidade respostas rápidas e eficientes.

Teve também aprendizado na área de biomedicina, ao somarmos esforços com instituições de ensino em prol do combate da Covid. Por meio de uma parceria técnico-científica, está em andamento o estudo do uso de nanopartículas como uma alternativa no controle da disseminação do coronavírus em ambientes hospitalares. O nosso professor Rafael Dutra de Armas atua na avaliação da qualidade das nanopartículas até que tenham potencial para o controle do crescimento de microorganismos.

Esses são alguns dos muitos exemplos que nos enchem de orgulho ao constatar o engajamento do nosso time. Gente valente e de fibra, que optou por não sucumbir diante das dificuldades, mas sim em usar os desafios como uma mola propulsora para o crescimento.

Ainda não sabemos quando tudo voltará ao normal, mas de algo temos certeza, sairemos desta juntos, e ainda mais resilientes, amadurecidos, experientes e solidários.