É sabido que em nossa caminhada educacional os horizontes sempre estão permeados pelos valores Maristas. O exemplo de São Marcelino Champagnat nos cativa e nos move, dessa forma compreendemos que o conteúdo técnico é, de fato, imprescindível, e que quando quando aliado ao conhecimento de si mesmo e das relações humanas se torna ainda mais eficiente. É neste meio que se encontra o projeto Interioridade.

Seguindo a via do autoconhecimento, da compreensão de mundo, da busca de sentido e da espiritualidade construímos no componente de Interioridade um espaço seguro e saudável em que os estudantes podem encontrar luzes para os próprios anseios, em cada período em que se encontram. Em meio a dinâmicas, exercícios de relaxamento, arte, explanações e partilhas os alunos avançam no entendimento de temas pertinentes como amor-próprio, relacionamentos, autonomia, vocação, entre outros.

É uma estrada que leva ao centro de si. Em Interioridade valorizamos os sentimentos e as emoções, toda forma de expressão é bem-vinda, e estamos ao lado de cada aluno incentivando o mergulho profundo no próprio ser. Por trás de cada atividade aparentemente simples, cada exercício de respiração ou música encontra-se um movimento de autoconhecimento de um estudante Marista que caminha e evolui.

Neste espaço o jovem tem a possibilidade de reconhecer formas de escuta interior, desenvolver habilidades já existentes e descobrir novas, ampliar sua visão espiritual e dimensionar sua criatividade. Se trata de uma descoberta progressiva e contínua.

No contexto atual, tão marcado pelas telas e pelo avanço desenfreado dos meios de comunicação e tecnologia, promover um espaço de escuta interior é mais do que necessário. As horas dispensadas frente a aparelhos eletrônicos por vezes fazem com que o indivíduo esqueça de si mesmo, negligencie sentimentos e principalmente experiências. É nossa missão no Colégio Marista São Luis relembrar aos jovens o quanto são amados e queridos por Deus, o quanto sua individualidade é preciosa e o quanto são capazes de fazer, criar, e desenvolver em si valores e virtudes tão caros ao ser humano.

Prof. Leticia Vieira, teóloga e professora das disciplinas de Ensino Religioso e Interioridade do Colégio Marista São Luís