Quando as pessoas nos procuram para um tratamento estético é fundamental que estes pacientes sintam-se seguros e compreendam o que existe para ser oferecido no mercado, e o que é o mais indicado para seus casos em específico.

Como hoje existe muita informação, geralmente, na primeira consulta a pessoa já fala o que quer e cabe-nos mostrar e avaliar o que pode ser realizado em seu caso.

Sendo assim, para melhorar o sorriso, empregamos o conhecimento de várias áreas da odontologia. Todas estas áreas se fazem necessárias no planejamento e diagnóstico de cada caso.

Costumo comparar a construção de um sorriso com a construção de uma casa ou mesmo um prédio, onde o engenheiro utiliza-se de leituras como análise de solo e sua profundidade e outros fatores para que possa fazer os cálculos estruturais até o arquitetônico.

O planejamento de um tratamento, seja ele unitário ou reabilitação (que pode envolver até todos elementos), podemos dividir em três etapas:

A) Análise facial;

B) Análise dentolabial;
C) Análise dental.

A análise facial ou extraoral avalia o formato do rosto e a sua personalidade. Já na análise dentolabial observamos o lábio em repouso, onde devemos observar a posição de sua borda incisal, ou seja o que aparece do dente e depois com um discreto sorriso.

Então avaliamos internamente na análise intraoral. Nesta fase avaliamos todos os detalhes técnicos como posição e inclinações dos dentes, sua situação com relação à gengiva e necessidade de correções estéticas gengivais.

Nesta etapa do planejamento, realizamos as fotografias que se fazem necessárias que são em número de oito, obtemos modelos em gesso, enceramento diagnóstico, que é como se fosse uma maquete do caso, onde com cera é dado o formato e posição dos dentes.

Nesta etapa faz-se necessária a documentação radiológica como radiografias e em alguns casos tomografia. São utilizados scaners para digitalizar e planejar os casos.

Muitas vezes, o paciente para chegar nesta fase estética passa pela correção e alinhamento dos dentes, cirurgias como de enxerto ósseo e /ou gengival e implantes se for necessário. A parte estética é a pintura e acabamento.

As lentes, como o nome diz são finas estruturas de porcelana que irão cobrir os dentes, neste caso praticamente não há desgastes dos dentes pois cobrem espaços e imperfeições.

Quando os dentes precisam ser mais desgastados, já chamamos de laminados e quando os mesmos possuem restaurações ou tratamento de canal são utilizadas coroas totais e cerâmica pura inclusive quando há canais e necessitem de pinos, pois os mesmos também precisam ser estéticos para maior naturalidade do caso.

Após concluída a etapa de cimentação da fase estética, o paciente é encaminhado para harmonizar as linhas faciais.

Clínica L'Santé

Dr. Clécio Sidnei Gonçalves e Dra. Talge Celuppi Gonçalves - Av. Prefeito Waldemar Grubba, 1570, bairro Baependi, em Jaraguá do Sul.

Telefone: 3371-7209 | WhatsApp: 9 9612-5974

Acesse: site | Facebook | Instagram