Olá, leitores, aqui quem fala é a Mariza Pradi Floriani Garcia. Em comemoração ao aniversário de 48 anos da Católica SC no dia 31 de agosto, fui convidada para contar a minha história, pois acompanhei de perto o início da Ferj (Fundação Educacional Regional Jaraguaense), instituição mantenedora do centro universitário.

Então vamos lá: em 1966, chega em Jaraguá do Sul, padre Elemar Scheid, figura religiosa, líder e criativo. Incansável no trabalho com jovens na Igreja Católica, como também no futebol, iniciou um trabalho de amor por Jaraguá do Sul. Surge a ideia de criar curso superior em Jaraguá do Sul. Em junho de 1975, fui convidada pelo Padre Elemar Scheid, para trabalhar na Ferj. Desafio aceito!

Não tinha experiência para trabalhar em secretaria, era uma professora primária, mas tinha entusiasmo, coragem e vontade de aprender. Era jovem, tinha 20 anos, confiava no futuro. Venho de uma família que atuava e atua na educação e a influência da minha mãe, Adélia Pradi Floriani, me levou a optar pela educação.

Na Ferj, exerci as funções de secretária acadêmica, coordenadora de vestibulares e concursos, professora de geografia no curso de Estudos Sociais e também fui diretora acadêmica. O segredo para ficar 41 anos na Ferj foi porque amava o que fazia, me dedicando de corpo e alma.

Fazer parte do crescimento da instituição era uma grande responsabilidade, passamos por muitas dificuldades e de passo em passo, foi se construindo. Ver hoje a grandeza da instituição me orgulha muito. Não poderei deixar de mencionar a soma de esforços de todos os funcionários, comprometidos com a instituição.

Eu não tinha condições de estudar em Joinville ou Blumenau. A implantação do curso de Estudos Sociais veio ao encontro da minha necessidade e fazer parte da história é um orgulho. As escolas da microrregião ganharam muito com a implantação do curso, foi muito comemorada: tínhamos autorização para o funcionamento do primeiro curso superior da cidade. Um fato marcante foi a divulgação da lista dos aprovados no vestibular de 1976 e o trote dos calouros.

O trote deu-se com uma carreata pelas principais ruas de Jaraguá do Sul, terminando no pátio lateral da Igreja Matriz São Sebastião, com banho de água com mangueira, lama e distribuição de comida e refrigerante. A aula inaugural ocorreu em 5 de março daquele ano, com Dr. Nereu do Vale Pereira, presidente do CEESC.

Em outubro de 1978, tivemos três dias de comemorações, com muita badalação. No dia 13, ocorreu a missa de Ação de Graças, com os formandos da primeira turma do Curso de Estudos Sociais, no Salão do Sesi. No dia seguinte, houve a colação de grau, no Clube Atlético Baependí. Logo após foi servido um jantar. Em seguida, tivemos o Baile dos Formandos no Salão do Grêmio Esportivo Juventus. Dos cem alunos que iniciaram o curso de Estudos Sociais, 67 concluíram. A maioria atuava como professores nas escolas, contribuindo na melhora da educação.

No dia 15, foi realizada a inauguração do Bloco A, da Ferj. Estiveram presentes o governador Dr. Antonio Carlos Konder Reis, o secretário da Educação Dr. Salomão Antonio Ribas Junior, o secretário de Estado da Educação de Santa Catarina, autoridades civis, militares e eclesiásticas. No dia 16, o padre Elemar Scheid deixou a direção da instituição, pois foi transferido pela congregação para São Paulo. A professora Carla Schreiner assumiu a direção da Ferj.

O tempo passa muito rápido e 41 anos, também passaram. Sabemos que tudo tem um início e fim. Decidi, em fevereiro de 2017, que era hora de finalizar mais uma etapa de minha vida, para cuidar de mim. Parti, levando pra sempre no meu coração a Ferj e os amigos que lá deixei. Agradeço a Deus, ao padre Elemar, às professora Carla e Pedra e ao professor Robert pela confiança depositada em minha pessoa.

Especial Católica SC 48 anos - texto de Mariza Pradi Floriani Garcia, primeira colaboradora.

Ao longo de 41 anos, Mariza Pradi Floriani Garcia exerceu na Ferj as funções de secretária acadêmica, coordenadora de vestibulares e concursos, professora de geografia no curso de Estudos Sociais e diretora acadêmica.