Foto: Fábio Junkes
Foto: Fábio Junkes

Foram retomadas as obras do trecho urbano da BR-280, entre Guaramirim e Jaraguá do Sul. A obra foi reiniciada perto do km 51 da rodovia no entroncamento entre a SC-413, a Rodovia do Arroz e a BR-280. Neste momento está sendo feita a terraplenagem no local para que seja alargada a pista em cerca de um quilômetro até o fim do ano.

A assinatura da ordem de serviço para a retomada das obras de revitalização e duplicação do trecho estadualizado foi realizada pelo governador do Estado Carlos Moisés da Silva (PSL) no dia 30 de outubro.

A obra que iniciou em 2017, foi paralisada em 2018 e agora quase no final de 2019 é retomada e traz uma esperança de melhoria para a mobilidade na nossa região, que tanto carece de estradas estaduais e federal mais estruturadas.

As empresas responsáveis pelos trabalhos são a Infrasul e a Azimute, as mesmas que venceram a licitação há dois anos.

Para o prefeito de Guaramirim Luís Antônio Chiodini (PP) a duplicação do trecho urbano da BR-280 vai melhorar a questão da segurança para quem trafega na rodovia, pois trará mais tranquilidade para os motoristas. Chiodini também destaca a questão da logística que será melhorada para que mais empresas possam se instalar na região, pois com a rodovia duplicada também facilitará o transporte.

O projeto da duplicação do trecho urbano da 280, prevê uma série de melhorias, como a construção de vias marginais e de um elevado no entroncamento entre a BR-280, em Guaramirim, e a SC-108, que liga à Massaranduba.

Orçada em R$ 103 milhões, a obra compreende a duplicação de 9,5 quilômetros da rodovia, entre o entroncamento com a Rodovia do Arroz até a Ponte do Portal, limite entre os municípios. Esse trecho da rodovia federal foi estadualizado para que o governo estadual pudesse executar a obra.

Veja também:

Assinada ordem de serviço para retomada das obras do trecho urbano da BR-280 entre Guaramirim e Jaraguá do Sul

Vídeo: governador Moisés anuncia retomada das obras no trecho urbano da BR-280 em Jaraguá do Sul

Exclusiva: a partir de terça-feira está autorizada a retomada das obras da BR-280, em Guaramirim

Projeto que instituiria o Código de Ética dos vereadores é arquivado

O Projeto de Emenda à Lei Orgânica nº 2/2019, que incluiria na Lei Orgânica do Município (LOM) o Código de Ética da Câmara de Vereadores, não alcançou os votos necessários em plenário e acabou sendo rejeitado esta semana no Legislativo jaraguaense.

A proposta recebeu cinco votos favoráveis dos vereadores: Anderson Kassner, Celestino Klinkoski , Eugênio José Juraszek, Marcelindo Carlos Gruner e Pedro Anacleto Garcia e quatro abstenções de: Arlindo Rincos, Isair Moser, Ronaldo Magal e Rogério Jung e um voto contrário de Ademar Braz Winter.

Por se tratar de Emenda à Lei Orgânica, o projeto precisava de oito votos favoráveis para ser aprovado, ou seja, dois terços do total de vereadores, o que acabou não ocorrendo. Desta forma, o Projeto foi automaticamente arquivado.

Sobre o projeto

O Projeto do Código de Ética da Câmara de Vereadores, estabelecia os princípios éticos e as regras básicas de decoro que deveriam orientar a conduta dos parlamentares. Com 68 artigos, o projeto e foi construído pela Mesa Diretora em conjunto com os setores técnicos do Legislativo desde o começo deste ano.

O presidente da Câmara Marcelindo Gruner (PTB), grande defensor do projeto, disse lamentar profundamente o encaminhamento que houve esta semana com a rejeição do Projeto de Emenda à Lei Orgânica Municipal.

“Precisávamos de oito votos favoráveis e isso não ocorreu. Desta forma, lamentavelmente, o Código de Ética nem chegou a ser votado, será arquivado. O que seria um marco para a história do Poder Legislativo Municipal, ficou à margem da história e de interpretações equivocadas. Hoje poderíamos ter dado um passo à frente ao encararmos as questões éticas e de transparência como prioridade, mas não saímos do lugar, não evoluímos. Eu lamento”, destacou.

 

Pavimentação

O prefeito de Guaramirim Luis Antônio Chiodini (PP) e o vice Osvaldo Devigili (DEM) assinaram ontem a abertura do processo licitatório para a escolha da empresa que fará a pavimentação da Estrada Patrício Dias, no bairro Jacu-Açu.

Também estiveram presentes moradores e empresários do Jacu-Açu. Serão asfaltados 4,2 quilômetros, entre o pórtico de acesso ao bairro e o limite com Massaranduba. A via terá 10 metros de largura, duas pistas e ciclovia.

Segundo o prefeito, o Jacu-Açu é uma região importante para o desenvolvimento do turismo da cidade e esperada por muitos anos pelos moradores. O investimento na obra será de aproximadamente R$ 4,8 milhões.

Foto: Divulgação

 

CURTAS

Na prefeitura

O suplente de vereador Jaime Negherbon (MDB) assumiu o cargo de diretor de Obras na Prefeitura de Jaraguá do Sul há cerca de uma semana. Negherbon saiu da Câmara em setembro quando o ex-secretário de Educação Rogério Jung decidiu assumir a vaga de titular, após ser exonerado pelo prefeito Antídio Lunelli.

Saúde

O deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) criticou a extinção do seguro Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres (DPVAT) pelo do governo federal anunciada esta semana. “Estão extinguindo mais uma fonte de recursos da saúde. Serão R$ 2,1 bilhões a menos para o SUS”, disse o deputado na tribuna da Assembleia Legislativa, na terça-feira (12).

Supetão

Caropreso comentou que uma decisão tomada de supetão pode prejudicar uma série de questões. Segundo o parlamentar, de 2008 a 2018, o DPVAT gerou R$ 33,4 bilhões para a saúde, isso é maior que o orçamento anual de SC.

“Só no ano passado, o seguro obrigatório distribuiu R$ 4,7 bilhões, sendo R$ 2,3 bilhões para pagamento de indenizações, R$ 250 milhões destinados ao Denatran para financiamento da educação no trânsito e o restante, R$ 2,1 bilhões, automaticamente foram o SUS”, informou o deputado que disse que vai cobrar do Congresso a revisão da medida provisória.

O deputado destacou ainda que menos de 20% da frota de veículos no Brasil possui seguro e que menos de 1% refere à cobertura de motos.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger