O governador Carlos Moisés (PSL) decretou na noite de sexta-feira (17) novas medidas restritivas para promover o isolamento social em sete regiões que estão classificadas em situação gravíssima, de acordo com a matriz de risco regionalizada, por conta da pandemia de Covid-19.

O decreto abrange 111 dos 295 municípios catarinenses. As regiões de Saúde que estão em situação gravíssima são: Carbonífera, Região de Laguna, Grande Florianópolis, Foz do Rio Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Nordeste e Região de Xanxerê. Jaraguá do Sul e Joinville estão incluídos na região Nordeste com outras 11 cidades.

Dentro das medidas anunciadas pelo governo estadual estão o transporte coletivo urbano municipal e intermunicipal de passageiros que fica suspenso por 15 dias desde ontem. Assim como a concentração e permanência de pessoas em espaços públicos de uso coletivo, como parques, praças e praias, que já foram suspensas no sábado (18). As aulas presenciais que a princípio estariam previstas para retornar depois do dia 2 de agosto, agora ficam suspensas até o dia 7 de setembro.

Segundo o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro nas últimas semanas, o governo do Estado tem discutido com os municípios o compartilhamento de informações diante da gravidade do quadro. “Percebe-se, neste momento, a necessidade de uma intervenção compartilhada com os municípios para reduzir a velocidade de transmissão da doença. Esse é um momento de união de todos para que possamos fazer o enfrentamento da pandemia”, afirmou.

Projeção

Segundo o governo do Estado, as medidas foram necessárias já que conforme projeção feita pelo setor da saúde, a primeira quinzena de julho seria uma das mais com maiores índices de contágio da Covid-19. O governador Carlos Moisés (PSL)defende que as primeiras medidas restritivas adotadas em março, garantiram ao Estado a ampliação de leitos de UTI em mais de 70%, além da contratação de profissionais de saúde e a realização de mais exames.

Cuidados

A necessidade de que as pessoas usem máscara, evitem aglomerações sociais e respeitem as regras sanitárias de distanciamento social para reduzir a velocidade de transmissão da doença são medidas essenciais neste momento.

Auxílio para os municípios atingidos pelo ciclone

Preocupado com a situação de Corupá após o ciclone que atingiu diversas cidades do Estado, o deputado federal Carlos Chiodini (MDB) participou ontem de reunião com os representantes da Associação dos Bananicultores de Corupá (Asbanco). O setor da agricultura no município teve aproximadamente R$ 60 milhões em prejuízos.

Chiodini irá a Brasília nesta terça-feira para buscar recursos e ações efetivas do governo federal junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional. “Estou na luta pela reconstrução das cidades afetadas pelo forte vendaval, que devastou municípios e prejudicou muitos catarinenses”, afirmou o deputado.

Foto: Divulgação

Jaraguá confirma mais três mortes por Covid

A Prefeitura de Jaraguá recebeu na segunda-feira (20) a confirmação de três mortes ocasionadas em decorrência do coronavírus. As três vítimas foram mulheres, com idades de 36, 76 e 65 anos e que tinham comorbidades.

Com isso, o Município soma nove vítimas da pandemia. No boletim que informa os casos, a Prefeitura estendeu os sentimentos às famílias que perderam seus parentes e destacou ainda a importância de que todos sigam as regras de prevenção e que busquem atendimento já nos primeiros sintomas.

Entre os dias 12 a 18 de julho, 256 novos casos de coronavírus foram confirmados em Jaraguá. A alta motivou um novo decreto do prefeito Antídio Lunelli, que proibiu por 15 dias desde ontem, a circulação do transporte coletivo, a realização de cultos e missas presenciais e treinamentos coletivos e individuais de contato. Guaramirim também registrou até ontem quatro mortes pela Covid-19.

As Prefeituras da região reforçam que o combate à pandemia exige mudança de hábitos de toda a população.

Áreas públicas são cercadas

E para evitar aglomerações neste momento, a Prefeitura de Jaraguá está fechando parques e áreas de lazer multiuso da cidade. A medida foi tomada pelo desrespeito da população às regras de uso desses espaços durante a pandemia. O parque da Arena Jaraguá já está cercado. Os próximos devem ser o Parque Via Verde e a área de lazer do Ginásio Arthur Müller. A Polícia Militar e os fiscais de vigilância seguem com os trabalhos de fiscalização no município.

Foto Eduardo Montecino/PMJS

CURTAS

Medicamentos

O Governo do Estado recebeu no sábado medicamentos enviados pelo Ministério da Saúde que fazem parte do chamado “kit intubação”. Eles foram adquiridos em compra internacional e já começam a ser distribuídos para unidades hospitalares de SC. Os insumos foram entregues ao centro de distribuição catarinense após complexa operação de transporte realizada pelas Forças Armadas.

Escassez

A escassez destes medicamentos no Estado, foi motivo de polêmica há cerca de duas semanas, pois poderia comprometer o atendimento de pacientes intubados em UTIs para o tratamento da Covid-19.

Sem recesso

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) não entrará em recesso neste mês. A decisão foi tomada em reunião dos líderes das bancadas partidárias e dos blocos parlamentares da Casa. Segundo o presidente da Alesc deputado Julio Garcia (PSD) o momento que vive Santa Catarina merece a atenção e precisa do trabalho dos deputados.

Crédito

O governo federal editou na semana passada a Medida Provisória que cria o Capital de Giro para Preservação de Empresas. O novo programa permite operações de crédito para empreendimentos com receita bruta anual de até R$ 300 milhões, declarada em 2019. Os bancos e instituições que fizerem empréstimos por essa nova linha de crédito poderão utilizar parte das suas perdas para ter benefício fiscal no pagamento do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido.

Emendas

O governador Carlos Moisés destacou ontem em reunião remota com a Comissão de Finanças e Tributação da Alesc que a ocasião é para valorizar as prioridades indicadas pelos 40 deputados em relação às emendas impositivas. “O orçamento é do Estado, não é do governador. Os senhores com a sensibilidade que têm nas suas regiões conseguem nos dizer exatamente quais são as demandas de cada comunidade”, afirmou.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegraram