A Justiça Eleitoral divulgou esta semana o relatório com o número de eleitores que tiveram os títulos cancelados por não terem comparecido para votar nos últimos três pleitos. Cada turno é contabilizado como uma eleição. Na região de Jaraguá do Sul, o número de cancelamentos foi bem menor do que em outras regiões do Estado. No total, foram cancelados 848 títulos nos cinco municípios. Aqui perto, em Blumenau, por exemplo, foram cancelados  4.638 títulos, já o total em Santa Catarina, foram 64.866.

Segundo o chefe de cartório da 87ª zona eleitoral de Jaraguá do Sul Ricardo André dos Santos, o cancelamento de menos títulos na região foi por conta do trabalho do cadastramento  biométrico de eleitores mais recente feito nesta região. No cadastramento obrigatório, os eleitores foram convocados para uma revisão de eleitorado, momento em que foram obrigados a comprovar endereço, revisar seus dados biográficos e coletar os dados como assinatura, fotografia e digitais.

Em Schroeder o prazo para o recadastramento biométrico continua vai até sexta-feira (31). Já em cidades como Corupá, onde o recadastramento já ocorreu ano passado, o número de cancelamentos de títulos foi o menor da região com apenas 6.

Quem teve o título cancelado poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e contrair empréstimos em qualquer banco mantido pelo governo. Para saber se o título foi cancelado, o eleitor deve consultar a situação no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na área de “Serviços ao Eleitor – Situação eleitoral – consulta por nome ou título” ou pode comparecer a qualquer cartório eleitoral com um documento de identificação com foto.

Confira os cancelamentos por cidade:

Jaraguá do Sul - 148

Corupá - 06

Guaramirim - 444

Massaranduba - 101

Schroeder - 149

Pavimentação

A Prefeitura de Guaramirim começou esta semana a pavimentação do primeiro trecho da Estrada Bananal, no bairro Bananal do Sul. A obra é uma solicitação antiga dos moradores. O prefeito Luis Antonio Chiodini (PP) e o vice Osvaldo Devigili (DEM) estiveram no local acompanhando a colocação da primeira camada do asfalto.

Na foto, Chiodini e Devigili com operários da Paviplan, empresa responsável pela obra, e moradores do local.

Foto Divulgação

Nova gestão de hospital 

A Câmara de Vereadores de Guaramirim realizou na segunda-feira (27) reunião aberta ao público para esclarecimentos sobre a nova gestão do Hospital Santo Antônio. Estiveram presentes, o diretor presidente do instituto Santé Tércio Egon Paulo Kasten e o administrador Valmor Busnello, além do prefeito Luís Antônio Chiodini (PP), o presidente da câmara de vereadores Osni Bylaardt (MDB), vereadores, integrantes da atual gestão do hospital, o secretário municipal de Saúde Marcelo Deretti, representantes da Aciag, servidores do hospital e a comunidade.

Na semana passada, a Prefeitura assinou contrato com  o Instituto Santé que irá administrar a unidade a partir de 1º de junho.

Maternidade

Um dos questionamentos feitos pelo público presente, dentre estes vereadores, foi a reativação da maternidade do Hospital Santo Antônio. Segundo o secretário Marcelo Deretti,  é inviável manter uma maternidade no município de Guaramirim, justamente pelo índice de nascimento muito baixo e os valores para manter esta ala, que seriam muito elevados.

Caropreso integra grupo de apoio a Moisés

O deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) integra grupo formado por 11 parlamentares que firmaram acordo para dar apoio ao governo de Carlos Moisés (PSL). Este acordo faz com que a base aliada, chegue a 30 deputados do total de 40 da Alesc, garantindo a maioria. Segundo o deputado Vicente para que fosse fechado esse apoio, não houve pedido de cargos, mas foram colocadas como prioridade as pautas que são importantes para cada região que os deputados representam.

O parlamentar jaraguaense também afirmou que o acordo com o governo estadual também prevê o repasse a ser definido entre os Consórcios Intermunicipais e o governo, para a manutenção das rodovias estaduais para manutenção das rodovias. Estão no grupo, parlamentares do PSL, PR, PSDB, PDT, MDB e PSC.

Feriado

Na quinta-feira (30) o município de Massaranduba celebra a Ascensão do Senhor que conforme o calendário cristão significa a subida de Jesus ao céu 40 dias depois de sua ressurreição. A data lembrada especialmente pelos luteranos é também feriado municipal em Massaranduba, e portanto, neste dia, não haverá expediente na Prefeitura, escolas e postos de saúde.

Quer receber as notícias no WhatsApp?