O governador do Estado Carlos Moisés (PSL) publicou na tarde de sexta-feira (24) em seu twitter uma mensagem em que demonstrou a intenção de que o agora ex-ministro Sérgio Moro possa integrar sua equipe, basta ele aceitar.

Na mensagem, Moisés comentou: “Brasileiros perdem com saída de Moro” e continuou: “Moro é sinônimo de luta contra a corrupção, condição essencial para a construção de um Brasil melhor. Lamento.” E finaliza: “Será bem vindo aqui!”

No fim da tarde ainda de sexta-feira, Moisés disse na coletiva que concede diariamente sobre as medidas de enfrentamento ao coronavírus, que ligou para Sérgio Moro e convidou ele pra vir morar em Santa Catarina e destacou:

“Venha morar no mais belo estado do Brasil.” Moisés disse ainda que: “seria um sonho ter o Moro no governo.”

Mas pelo visto, a conversa ainda está no início.

Outros governadores, dentre eles, João Dória (PSDB) de São Paulo e Wilson Witzel (PSC) do Rio de Janeiro também teriam lamentado a saída de Moro e seriam outros interessados em ter o ex-ministro em suas equipes.

Manifestações

Foram inúmeras as manifestações de indignação com a saída de Moro do governo, ainda mais pela postura que ele teve na Operação Lava Jato que levou a prisão de uma série de corruptos. Em nota, o senador Esperidião Amin (PP) classificou como um “desastre” o pedido de demissão do ex-juiz Sergio Moro. “É um desastre para o país, pela envergadura moral e respeitabilidade que Sergio Moro tem” destacou.

Decepcionado

O empresário Luciano Hang, um dos maiores apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), se disse decepcionado com a saída de Sérgio Moro do Ministério da Justiça.

Hang classifica Moro como “herói brasileiro” e em uma postagem em sua conta no Instagram expôs seu sentimento. “O povo brasileiro estará sempre ao seu lado. Estamos juntos”.

Dólar aumentou e bolsa caiu

Os mercados reagiram fortemente ao pedido de demissão do ministro da Justiça Sergio Moro, no fim da manhã de ontem. Por volta de 12h20, o Ibovespa – principal termômetro dos negócios na B3, a Bolsa brasileira – caía mais de 9%, em 72.081 pontos. Durante o pronunciamento de Sergio Moro, a cotação do dólar disparou e chegou a ser negociada a R$ 5,71.

Explicações

Com a confirmação da saída de Sérgio Moro do Ministério da Justiça, senadores foram às redes sociais informar que pretendem convocar o ex-ministro para dar explicações ao Senado sobre o que teria motivado a demissão. Como uma das justificativas para sua demissão, Moro afirmou que o presidente Bolsonaro trocou o comando da PF para, assim, tentar ter acesso a informações sigilosas que poderiam comprometer membros de sua família.

 

Aprovados recursos para o combate ao coronavírus

Os vereadores de Guaramirim aprovaram por unanimidade cinco projetos que foram colocados para discussão em turno único na quinta-feira (23). Foi instituído o sistema de Banco de Horas com o objetivo de reduzir as horas extras pela Prefeitura, o Programa de Recuperação Fiscal de Guaramirim (REFIS) para negociação de impostos atrasados e o projeto que prevê a possibilidade do servidor de cargo efetivo optar pela redução da carga horária com redução salarial proporcionalmente.

Além destes três projetos, R$ 377 mil foram aprovados para a Secretaria de Saúde para o combate ao coronavírus e R$ 135 mil de repasse ao Corpo de Bombeiros Voluntários de Guaramirim. O presidente da Câmara, vereador Romeu Butschardt Jr, o Duno, disse que os projetos visam o aspecto econômico. “Estamos em um momento delicado de arrecadação, precisamos diminuir custos e flexibilizar a máquina pública”, defendeu.

 

CURTAS

Licitação

A Prefeitura de Jaraguá do Sul abriu licitação para contratar empresa para execuçõa de um pacote de pavimentação asfáltica, drenagem pluvial, sinalização viária, terraplanagem, serviços preliminares e serviços complementares. As ruas que irão receber as melhorias são: João Marcatto, Clemente Baratto, Erich Doubrawa, José Albus, Josef Fontana e Carlos Haffermann, com extensão total de 1.159,02 metros. O valor máximo previsto pela contratação é de R$ 1.174.784,06.

Transmissão

No domingo, às 18h, o prefeito Antídio Lunelli (MDB) participará de transmissão ao vivo no Facebook da Prefeitura de Jaraguá do Su para falar sobre as ações contínuas de enfrentamento do coronavírus.

Assistência social

A Câmara Federal aprovou durante a semana, projeto para fortalecer a assistência social durante o estado de calamidade pública decorrente do novo coronavírus. O texto autoriza a transposição e a transferência de saldos dos fundos de assistência social dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. O projeto seguirá para o Senado.

Redução de despesas

Foi anunciado que a Câmara dos Deputados vai reduzir em R$ 150 milhões nas despesas previstas no orçamento da Casa para este ano, para que os recursos públicos economizados possam ser redirecionados para o combate à Covid-19 e a seus efeitos na economia brasileira. O corte, foi determinado pelo presidente da Casa Rodrigo Maia (DEM), por meio de Portaria e será feito diretamente no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi), via indisponibilização do valor.

Gastos

Do total de R$ 150 milhões, serão cortados R$ 43 milhões em despesas com pessoal, R$ 49 milhões em investimentos e R$ 58 milhões em custo operacional. A redução dos gastos deverá ocorrer, principalmente com diárias e passagens de parlamentares e servidores; horas extras e adicionais noturnos; obras que não tenham sido iniciadas ou contratadas, bem como aquelas não essenciais à manutenção predial.

Aprovado

O Senado aprovou por unanimidade, na sexta-feira, o projeto de lei que concede linha de crédito especial para pequenas e microempresas pedirem empréstimos de valor correspondente a até 30% de sua receita bruta obtida em 2019.

A proposta tem como origem um projeto do senador catarinense Jorginho Mello, elaborado com sugestões da Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais de SC (Fampesc). Agora, segue para sanção presidencial.

“A aprovação é um avanço significativo, fundamental tanto para este período da pandemia da Covid-19, quanto para depois”, comemorou o presidente da Fampesc, Alcides Andrade.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul