A tramitação de projetos para a promoção da paz e cidadania nas escolas, a autorização para o Estado contrair financiamento para dragagens de rios e a aprovação de um fundo garantidor das contas do Iprev, para evitar um rombo nas contas públicas com o pagamento de aposentadorias de servidores.

Esses são alguns dos principais assuntos que serão debatidos na Assembleia Legislativa nos próximos meses.

Os três temas ainda não estão oficialmente na pauta, mas fazem parte das conversas preliminares entre Executivo e Legislativo, que servem para alinhavar encaminhamentos no Parlamento estadual.

O presidente da Assembleia, deputado Mauro De Nadal (MDB), antecipou que nem mesmo o ano eleitoral, que sempre determina ajustes no calendário de atividades, irá prejudicar a análise de matérias importantes.

Ajustes na pauta

De Nadal esteve semana passada em audiência com o governador Jorginho Mello (PL) na Casa d'Agronômica, numa rodada inicial de entendimentos para ajustes de pautas de interesse comum da Alesc e do Executivo.

O governador visitou o Palácio Barriga Verde, sede do Legislativo, e fez a leitura da mensagem anual, com a apresentação das realizações e projetos que pretende desenvolver no decorrer do ano, dentre estes o plano de aprofundar calhas de rios importantes, como o Itajaí-Açu, para reduzir o risco de enchentes e a aprovação do projeto, que envolve autorização, para negociar parte dos mais de 5 mil imóveis que o governo dispõe sem utilização em todas as regiões. O objetivo é criar um fundo para o Ipesc e com isso reduzir o prejuízo mensal de R$ 600 milhões com o custeio da folha de pensionistas e aposentados do Estado.

Lembranças

Em postagem em uma de suas redes sociais, o deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) trouxe a lembrança de uma figura importante para a história econômica e política de Jaraguá do Sul. Na sexta-feira (9) completou 25 dias da morte do “prefeito que mudou a trajetória de nossa cidade”, comentou Dr.Vicente e emendou:“Amigo Geraldo Werninghaus, o G da WEG, o Geba, como carinhosamente era tratado por tanta gente que o admirava e convivia diretamente ou simplesmente por estar perto dele”, destacou.

Na postagem saudosista, Caropreso (na foto acima com Geraldo Werninghaus) enumera os cargos exercidos por Geraldo que foi vereador, deputado estadual e prefeito,além é claro de ter sido um empresário de excelência. “Com seu vice, que também está no Oriente Eterno, Irineu Pasold, formavam uma dupla de muito equilíbrio e de muita transformação na cidade”, em menção a Irineu que faleceu ano passado.

Entre as lições deixadas por Geraldo Werninghaus que Dr. Vicente diz que levou para sua carreira política, já que foi líder na Câmara Municipal na época que o empresário era prefeito, foi essa: “Escolha seu lado. Afinal, você é ou não é governo?”

O deputado encerra a homenagem enfatizando para os que estiveram sempre com Geraldo, aos vereadores da época e à família Werninghaus, todo seu respeito e admiração por este grande cidadão.

Foto: Divulgação

 

Vigilância

Indicação legislativa foi protocolada, esta semana na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul solicitando ao Executivo a ampliação do número de câmeras de monitoramento da Polícia Militar na próxima licitação. A proposta, que visa fortalecer os mecanismos de vigilância e prevenção de crimes na cidade, vêm ao encontro de estratégias para manter o município como um dos mais seguros do país. A matéria destaca ainda que a adição de mais câmeras de monitoramento pode impulsionar ainda mais a segurança e coibir possíveis crimes. A indicação legislativa foi encaminhada a Prefeitura.