O ex-deputado federal Jean Wyllys (PT) usou suas redes sociais, na quarta-feira (27), para detonar a Schützenfest, tradicional festa da cultura alemã de Jaraguá do Sul.

Wyllys publicou um cartaz da 32ª edição da Schützen e afirmou que seria baseado na “estética da propaganda nazista alemã.” Na sequência, o ex-parlamentar disse que a “Festa de Atiradores” seria realizada “na região do Brasil para onde fugiram muitos dos nazistas alemães para não pagarem por seus crimes.”

A postagem do ex-parlamentar repercutiu de forma muito negativa e revoltante em Jaraguá do Sul. Importantes lideranças políticas jaraguaenses se manifestaram.
O ex-prefeito e pré-candidato a governador Antídio Lunelli (MDB) afirmou que a Schützenfest é um “orgulho para toda Santa Catarina.” Segundo Lunelli, só alguém que não conhece o evento “seria capaz de fazer uma crítica infundada como a que fez o ex-deputado Jean Wyllys.”

Lunelli ainda destacou que Jaraguá do Sul é “uma das cidades mais pacíficas do Brasil” e que a festa “reúne milhares de pessoas todos os anos, que festejam a cultura germânica.”

Antídio Lunelli também disparou um vídeo nas redes sociais em que destacou que a Schützenfest é uma festa de família. “Jaraguá do Sul é uma cidade de povo ordeiro e trabalhador, uma cidade de tecnologia e desenvolvimento”, emendou e questionou: “Quem é você cidadão? Saia da internet e vai trabalhar, seu papa-m...”, encerrou o ex-prefeito ao se referir a Jean Wyllys.

Já o vereador Luís Fernando Almeida (MDB) respondeu ao post de Wyllys dizendo que o ex-parlamentar “vive em seu mundinho político medíocre” e não tem moral para criticar a cultura e a tradição de Jaraguá do Sul.

Prefeitura emite nota

Uma nota foi emitida ontem no fim da tarde pela Prefeitura de Jaraguá do Sul. Consta na nota que: "O Município lamenta profundamente a manifestação preconceituosa do ex-deputado federal Jean Wyllys, em rede social, sobre a Schützenfest, uma das festas mais tradicionais da nossa região. Manifestação esta, certamente, por não conhecer a festa ou não ter interesse em buscar informações sobre as tradições trazidas pelos colonizadores, enfatizando a gastronomia, a música, a dança, mantidas com muito esforço pelos membros das Associações e Sociedades de Tiro do Vale do Itapocu e Prefeitura de Jaraguá do Sul."

Em outra parte da nota, a Prefeitura destaca que "a Schützenfest é um orgulho cultural para a nossa cidade e para o Estado de Santa Catarina, reunindo milhares de famílias todos os anos, que festejam a cultura germânica." Finalizando o texto destaca que ao se manifestar preconceituosamente contra a festa o ex-parlamentar também tenta denegrir uma das regiões mais prósperas de Santa Catarina e do Sul do Brasil, onde os índices de segurança e qualidade de vida estão entre os maiores do País, sendo exemplo para toda a Nação.